A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 06/05/2020 às 11:05

Daniel faz apelo ao governador: precisamos cuidar dos doentes e dos desempregados

  • Prefeito Daniel durante pronunciamento nas redes sociais

Prefeito diz que é de "cortar o coração" ver lojas fechadas e pede a João Doria a flexibilização da quarentena em Marília

"Precisamos buscar um equilíbrio entre cuidar dos nossos doentes e cuidar das pessoas desempregadas", afirmou o prefeito Daniel Alonso em pronunciamento feito nesta manhã nas redes sociais ao fazer um apelo ao governador João Doria para que Marília seja incluída na flexibilização da quarentena que será anunciada nesta sexta-feira, dia 8.

O chefe do executivo gravou o pronunciamento na rua São Luiz (a mais tradicional do comércio mariliense), justamente onde se concentra a maioria das lojas fechadas há mais de 50 dias, desde que foi decretada a quarentena em virtude da pandemia da Covid-19. "É de cortar o coração ver todas essas lojas fechadas", afirmou.

A Prefeitura de Marília determinou o fechamento do comércio, escolas e outros locais antes mesmo do decreto estadual. Diante disso, centenas de empresários estão sem poder trabalhar há quase dois meses, acumulando prejuízos e muitas pessoas já foram demitidas, enquanto que outras tiveram os salários reduzidos.

De acordo com o prefeito Daniel, Marília é uma das cidades com menor índice de casos do novo coronavírus do estado e ao mesmo tempo foram tomadas todas as providências, ou seja, possui uma estrutura hospitalar e todos os casos suspeitos estão passando por exames, inclusive particulares pagos pelo município.

Dessa forma, acredita que a flexibilização será possível sem aumentar o número de casos.

Flexibilização

A maior preocupação do prefeito Daniel Alonso foi o "recado" dado esta semana pelo governador Doria aos prefeitos das cidades que não atingirem o mínimo de 50% de isolamento porque poderão ficar de fora da flexibilização. Ele citou as 20 "piores cidades", incluindo Marília, Bauru, Assis, Presidente Prudente e Araçatuba.

Em sua resposta, Daniel lembrou que 80% das atividades econômicas foram retomadas e pelo fato de que Marília ter destaque na área industrial (não afetada pela quarentena). Dessa forma, não há como haver um maior controle do isolamento.  

Confira o apelo do prefeito Daniel:

 

 

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn