Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 14/01/2020 às 09:56

Criminoso revela que matou menina de 8 anos por vingança contra a mãe

  • Agnaldo Guilherme Assunção, vizinho da vítima, confessou o crime. Motivo: vingança

Após três dias desaparecida, menina foi achada morta às margens de um córrego em Chavantes. Suspeito é vizinho da família e confessou o crime.

O assassinato da menina Emanuelle Pestana de Castro, de apenas oito anos de idade, ocorreu por vingança. É o que revelou o criminoso, Agnaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, vizinho da família da menina. Ele contou à polícia que matou a menina só pelo fato de que a mãe dela não deixava a vítima brincar com o enteado dele.

A polícia levantou imagens do circuito de monitoramento ao redor da praça onde Emanuelle brincava (na sexta-feira) quando desapareceu e verificou que o suspeito aparecia duas vezes no vídeo. Logo após brincar em um parquinho, a menina não foi mais vista. 
 
Imagens das câmeras de segurança mostram a criança caminhando momentos antes de desaparecer. Abaixo, o suspeito próximo ao local.

Segundo a família, a mãe ia verificar como a filha estava no local, mas não encontrou.

No fim de semana, policiais militares, civis, bombeiros, familiares, amigos e também integrantes do grupo SICOE/Anjos da Guarda foram mobilizados, realizando buscas, sem sucesso, aumentando a suspeita de que a menina poderia ter sido morta ou sequestrada.

Confessou o crime

Como aparecida nas imagens da câmera de segurança, Agnaldo passou a ser o principal suspeito.
Durante o interrogatório, acabou confessando o crime, indicando o local onde estava o corpo, em uma área de mata na Fazenda Santana Nova.
 
O acusado teria convidado Emanuelle para apanhar frutas e em meio a um matagal e matou a menina. A perícia identificou marcas de faca pelo corpo, uma nas costas e três no peito. 

Ele foi preso em flagrante e deve ser indiciado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. O enterro de Emanuelle está marcado para logo mais às 14h, no cemitério de Irapé, distrito da cidade.

O corpo da menina foi achado às margens de um córrego na zona rural de Chavantes.

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn