Quem Somos | Politicas de Privacidade | Termos de uso | A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 05/12/2023 às 11:00

Zona Azul: Procon notifica empresa sobre restituição e Emdurb fará nova licitação

Rizzo Parking garante que não está mais realizando cobrança pelo estacionamento

O Procon de Marília notificou a empresa Rizzo Parking para que forneça informações detalhadas sobre a quantidade de clientes que possuem créditos ativos no aplicativo de zona azul, os valores correspondentes e a metodologia planejada para a sua restituição. É que a Prefeitura decidiu rescindir o contrato, depois de vásrias reclamações de usuários.

Por sua vez, a empresa negou que no sábado (dia em que foi publicada a portaria de rescisão) tivesse continuado a fiscalização nas áreas delimitadas de estacionamento no centro e corredores comerciais. "Assim que foi publicada a rescisão contratual os funcionários saíram das ruas", informou a assessoria de imprensa da Rizzo.

"Nossa intervenção visa assegurar que os usuários afetados pela rescisão contratual sejam devidamente informados e tenham seus direitos resguardados quanto à restituição dos créditos ativos no aplicativo da empresa”, afirmou o diretor do Procon, Guilherme Moraes, sobre essa notificação.

Nova licitação

Por sua vez, o presidente da Emdurb, Valdeci Fogaça de Oliveira, anunciou está iniciando estudos técnicos para novo processo licitatório para contratação de nova empresa para operar a zona Azul.

No momento, a Emdurb (Empresa de Mobilidade Urbana de Marília) procederá a orientação para que os motoristas façam o uso racional das vagas, justamente para que possam permitir maior rotatividade de consumidores nas áreas de potenciais comerciais.

Neste período, sem nova empresa à frente deste serviço, não serão cobrados o uso das vagas rotativas e nem serão emitidas autuações.

Transtorno aos usuários

Além de anunciar que já entrou na justiça visando o "restabelecimento do contrato" e ao mesmo tempo sua "indignação" sobre a decisão da Prefeitura, a Rizzo Parking afirmou que o fim da cobrança, neste período de fim de ano, irá "prejudicar" os usuários.

"Investimos milhões na cidade e mais de 50 colaboradores e suas famílias ficarão sem fonte de renda às vésperas do Natal. Além disso, em um período de compras e movimento na região central do município, a ausência do estacionamento rotativo trará transtornos e problemas para os moradores", diz a nota oficial.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade. Para mais informações, clique aqui.