Quem Somos | Politicas de Privacidade | Termos de uso | A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 22/11/2023 às 08:45

Campeãs da Divisão Especial, meninas do MAC recebem homenagem

Festa ocorre após mais de 50 anos do título da equipe masculina

O MAC (Marília Atlético Clube) Feminino conquistou o inédito título da Divisão Especial de Futebol Feminino da Federação Paulista de Futebol (FPF), ao vencer pelo placar de 4 a 2 a equipe do XV de Piracicaba, em confronto realizado no Abreuzão.

O feito inédito abriu caminho para a equipe pleitear o acesso à primeira divisão do torneio estadual (Paulistão Feminino), onde estão equipes da elite do futebol paulista (São Paulo, Corinthians, Santos, Palmeiras, Ferroviária, Bragantino, Taubaté, São José, Pinda, São Bernardo entre outros times).

Após o título, as meninas e a comissão técnica desfilaram em caminhão trio-elétrico, saindo da avenida Vicente Ferreira, entrada do estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal, com troféu e medalhas, passando pelas ruas do centro e chegando ao Paço Municipal, na rua Bahia.

Servidores municipais, secretários e diretores liderados pelo prefeito Daniel Alonso recepcionaram as campeãs nas escadarias do prédio.

“Estamos refazendo o que ocorreu no ano de 1971, quando a equipe masculina do Marília Atlético Clube venceu o primeiro título, o da 1ª Divisão do Campeonato Paulista. O então prefeito Octávio Barreto do Prado, o Tatá, recepcionou os campeões nas escadarias do Paço Municipal”, afirmou Daniel
 
O assessor especial de Governo, 
Alysson Alex, explicou que, embora as meninas do MAC tenham conquistado o título da Divisão Especial, o resultado não confere acesso ao Paulistão 2024, onde encontram-se os principais times do futebol feminino do Estado de São Paulo - como Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo.

“Contudo, o prefeito Daniel Alonso está protocolando na Federação Paulista de Futebol a solicitação de acesso, justamente para que no próximo ano Marília possa disputar com os grandes do futebol feminino”, observou. 

A artilheira Juju (a Ana Júlia) terminou a competição com 10 gols, realizando uma proeza: marcou gols em todos os jogos, a exemplo do que fez no futebol masculino o craque Jairzinho, da Seleção Brasileira, na Copa do Mundo de 1970. 

O atacante, naquela campanha que rendeu o tricampeonato e a taça Jules Rimet para o Brasil marcou um gol em cada jogo disputado pela Seleção Brasileira, treinada por Mário Zagallo, no mundial disputado no México. O feito lhe rendeu o apelido de ‘Furacão’.
 

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade. Para mais informações, clique aqui.