Quem Somos | Politicas de Privacidade | Termos de uso | A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 09/01/2023 às 10:20

Exclusivo: mariliense está entre os atingidos por disparos em Brasília

Ele relata que levou pelo menos cinco tiros de borracha. Três pessoas do grupo foram detidas, mas já liberadas.

Um grupo de 33 marilienses estava entre os milhares de manifestantes que protestaram neste domingo em Brasília e que acabou culminando com a invasão e depredação  do Palácio do Planalto, do STF (Supremo Tribunal Federal) e do Congresso Nacional. 

O Visão Notícias conseguiu conversar há pouco com um desses integrantes. Ele disse que foi atingido por pelo menos cinco balas de borracha (inclusive na testa).

Apesar de ter ficado bastante machucado, não precisou ser internado. Além disso, acredita que outros três marilienses chegaram a ser detidos pela Polícia Militar, mas já teriam sido liberados.

Marilienses garantem que depredações foram praticadas por pessoas infiltradas.

De Marília havia previsão de saírem três ônibus, mas apenas um chegou até Brasília (os outros dois iriam sair nesta segunda-feira).

Agora, os organizadores da caravana estão tentando achar uma maneira de conseguir retornar a Marília, mesmo porque a ordem dada é de que todos os ônibus fossem apreendidos.

Gente infiltradaEste mariliense, que trabalha como professor, garante que não foram os manifestantes de dirfeita que realizaram a depredação na Praça dos Três Poderes. "Tinha muita gente do MST e também da esquerda infiltrados. Foram eles que fizeram o quebra-quebra", afirmou.

Prisões e afastamento

Comboio de ônibus com manifestantes escoltado pela Polícia Militar.

O número de pessoas presas, devido ao protesto, ainda é bastante desencontrado. O G-1, por exemplo, afirma que mais de 1.200 pessoas que estavam acampadas no Distrito Federal foram levadas à sede da Polícia Federal. O site compara essas pessoas a "Terroristas bolsonaristas".

Já o portal UOL informou que 40 ônibus com manifestantes foram levados à sede da superintendência da PF, onde foram "fichados". O UOL tratou essas pessoas de "golpistas". Outro site nacional, o Metrópoles, informou que eram 50 ônibus escoltados, com manifestantes chamados de "radicais". 

Já o governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha, ficará 90 dias afastado do cargo. Em decisão publicada na madrugada desta segunda-feira (9), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), citou descaso e omissão por parte do governador  e do então secretário de Segurança do DF, Anderson Torres, que foi exonerado ontem.

 

 

 

  

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade. Para mais informações, clique aqui.