Quem Somos | Politicas de Privacidade | Termos de uso | A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 24/11/2022 às 13:00

Ucranianos sofrem com frio e escuridão; presidente implora à ONU para punir Rússia

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, pediu que a Organização das Nações Unidas puna os ataques aéreos russos contra a infraestrutura civil, depois que uma série de mísseis causou os piores cortes de energia em todo o país, mergulhando as cidades na escuridão congelante.

Com milhões de ucranianos enfrentando temperaturas abaixo de zero, as autoridades trabalhavam duro nesta quinta-feira para reativar as luzes e o aquecimento. O mais recente bombardeio de mísseis da Rússia desligou as usinas nucleares da Ucrânia e deixou grande parte do país sem energia.

As autoridades esperavam reiniciar as três usinas nucleares no território controlado pela Ucrânia até o final do dia.

Desde o início de outubro, a Rússia tem lançado enormes ataques aéreos cerca de uma vez por semana em alvos de energia em toda a Ucrânia.

"Hoje é apenas um dia, mas recebemos 70 mísseis. Essa é a fórmula russa do terror. Tudo isso contra nossa infraestrutura energética", disse Zelenskiy por meio de um link de vídeo para a câmara do Conselho de Segurança da ONU.

"Hospitais, escolas, transportes, bairros residenciais, todos sofreram", afirmou ele, pedindo às Nações Unidas que atuem para deter os ataques.

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade. Para mais informações, clique aqui.