A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 22/06/2022 às 10:00

Cashback ganha espaço com os brasileiros e cresce quase 50% em apenas um ano

As promoções e ofertas sempre foram características marcantes no mercado brasileiro, assim como de outros países. Os períodos em que as lojas oferecem grandes descontos costumam aquecer o comércio, e dar bons lucros ao setor varejista.

Foi nesse caminho que o cashback conseguiu crescer no país, e atingiu uma taxa de uso recorde. Entre 2020 e 2021, por exemplo, o crescimento nas compras com essa oferta foi de 48%. Um número interessante que mostra como essa cultura já começou a fazer parte do nosso cotidiano.

São inúmeras lojas e serviços que oferecem cashback, desde a conta digital da PicPay até os produtos comercializados nas Lojas Americanas.

A ideia dessa oferta é que a porcentagem do desconto não seja direta no preço final do produto, mas sim em créditos na loja para gasto futuro, ou até mesmo como reembolso depois de um período.

Ou seja, ao invés de ter 10% de desconto no preço de algo, você pode ter 20% de cashback para gastar futuramente na loja.

A ideia é interessante, pois isso fideliza o cliente, que terá sempre um crédito para gastar. Pelo lado do consumidor, a oferta do cashback é interessante por conseguir porcentagens maiores nos descontos.

Entretanto, em algumas instituições financeiras, como o PicPay e o Banco Inter, a oferta funciona de maneira mais direta. O desconto é depositado diretamente na conta da pessoa. Uma diferença que acaba atingindo diferentes públicos, e mostrando uma variedade no serviço.

Um dos principais objetivos dessa promoção é aquecer o mercado com mais compras, algo semelhante com o que acontece nas datas especiais, como o Dia dos Namorados.

Afinal, uma pessoa com créditos em alguma loja tem a tendência de voltar a comprar por lá. É uma ação comercial inteligente, mas que não causa lucro apenas para o vendedor, mas também para o cliente. O desconto oferecido costuma ser considerável, e algumas lojas podem oferecer até 50% de cashback em alguns produtos.

A origem do cashback

Apesar de ser uma promoção recente, algumas outras ofertas parecidas com o cashback sempre tiveram espaço no mercado. Várias lojas sempre ofereceram créditos e pontos para quem comprava regularmente, e permitia que essas fossem trocadas por produtos com descontos. As próprias milhas de aviões funcionam dessa maneira, onde uma compra no cartão de crédito gera pontos para serem trocados por passagens aéreas.

Ou seja, não existe uma origem própria do cashback, mas é um termo que nasceu no crescimento do e-commerce em todo o mundo. A venda de produtos e serviços na internet costumam ser mais diretos, e essa foi a maneira de adaptar a ideia para esse mundo conectado. Os varejistas se inspiraram em outros serviços para oferecer essas promoções de crédito, inclusive do mundo do entretenimento digital.

A ferramenta de crédito é muito comum, por exemplo, nos sites de cassino online, que oferecem boas porcentagens na realização de depósitos para apostar. Enquanto algumas plataformas nomeiam de bônus de devolução, é cada vez mais comum encontrar o termo cashback também.

O conceito é o mesmo, a única diferença é que o usuário recebe mais dinheiro para apostar no pôquer, na roleta e nas slots machines temáticas. É um funcionamento idêntico ao do e-commerce, e existe faz algum tempo.

Crescimento recorde nos últimos anos

Os números comprovam que o cashback conseguiu entrar na rotina dos brasileiros, e cada vez mais pessoas estão utilizando para fazer compras.

Segundo reportagens recentes, o crescimento do consumo com essa oferta cresceu 48% entre 2020 e 2021, com uma perspectiva de alta para os próximos anos. As empresas estão apostando na ferramenta para atrair clientes, e com isso melhorar as vendas durante a crise enfrentada na economia nacional.

Durante as ofertas da Black Friday de 2021, por exemplo, as oportunidades de cashback nas lojas cresceram em 38%. Um crescimento que comprova como esse benefício está dando resultado aos varejistas.

Os clientes também ganham com isso, pois a promoção pode trazer uma economia importante nos gastos. Um desconto de quase 50% em produto é impossível ser uma oferta dessa categoria. Por isso, é algo que chama muita atenção.

O retorno de gastos com um produto é algo que existe nos Estados Unidos desde os anos 2000. Entretanto, a ideia mais simples do cashback para qualquer produto parece ser algo menos burocrático e com menos regras. Isso conquistou o vendedor e também o cliente brasileiro, que deve continuar aproveitando as ofertas pelos próximos anos.

 

 

 

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn