A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 06/04/2021 às 16:30

Pai, mãe e filhos morrem de Covid-19 no intervalo de 42 dias

Uma família morreu em decorrência da Covid-19 entre os dias 20 de fevereiro e 3 deste mês. Moradores na cidade de Cuiabá/MS, o pai Octacilio dos Santos Araújo, de 91 anos, a mãe Geny Maria Haddad Araujo, de 78 anos, e os filhos Monique, 55 anos, e João José de 58 anos, chegaram a ser internados, mas não resistiram às complicações da doença.

 

A estudante Myllena Haddad Araujo Patzlaff, filha de Monique, disse que a família sempre tomou todos os cuidados de prevenção e que a perda deixou todos desolados. “É uma tragédia em nossa família”, lamentou.

De acordo com Myllena, o primeiro a sentir os sintomas da Covid-19 foi o avô Octacilio, no dia 10 de fevereiro. Ele foi contaminado pelo coronavírus por duas vezes.

Myllena Haddad perdeu os av?s Octacilio dos Santos e Geny Maria Haddad para a Covid-19 ? Foto: Myllena Haddad/Arquivo pessoal

Segundo ela, a suspeita é que o vírus tenha sido contraído de uma profissional da saúde que foi até a casa da família para um tratamento e estava com a doença, mas não sabia até então.

Octacilio foi encaminhado a uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, durante o tratamento, contraiu uma infecção bacteriana e faleceu em 20 de fevereiro.

FAMÍLIA INFECTADA

No mesmo dia do falecimento do avô, Myllena conta que toda a família realizou o teste de Covid, e os resultados foram positivos.

A mulher de Octacilio foi intubada oito dias após a morte dele e faleceu no dia 6 de março. 

“Minha mãe estava com home care em casa igual a minha avó. No dia 3 de março, foi para o hospital, no dia 4 intubaram ela, e no dia 15 de março, ela faleceu”, contou Myllena.

Monique Haddad deixa o marido e duas filhas. (Foto: arquivo pessoal)

Já o tio de Myllena, João José, foi internado na cidade no dia 6 de março, apenas para acompanhamento médico e sem a necessidade de uma UTI. No dia 30, ele foi liberado com home care.

Na madrugada da última sexta-feira (2), João voltou para o hospital e foi direto para UTI e faleceu no sábado (3). 

João José deixa duas filhas. (Foto: arquivo pessoal)

Outros membros da família também foram contaminados pelo coronavírus, mas não tiveram sintomas graves.

Octacílio era ex-secretário de Segurança Pública de Mato Grosso. 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até domingo (4), 315.087 casos e 7.999 mortes pela doença desde o início da pandemia. (Fonte: G1)

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn