A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 07/03/2021 às 19:00

Caminhoneiro atropela casal e arrasta moto por 32 quilômetros

  • O caminhão só parou após arrastar a moto por 32 quilômetros

Um caminhoneiro foi preso pela Polícia Rodoviária Federal, na BR-101, em Penha/SC, acusado de atropelar um casal de motociclistas. Ele arrastou o veículo por 32 quilômetros e, ao ser finalmente interceptado, disse que não se lembrava de nada porque estava sob efeito de "rebite" e cocaína.

A moto foi arrastada por 32 quilômetros até o motorista ser interceptado e preso.

O casal que estava na moto vinha de um passeio, com a motocicleta nova, comprada há cerca de dois meses.

A garupa da moto, Sandra Pereira, de 47 anos, continua internada em estado gravíssimo, com perfurações em diversos órgãos, lesões na face, fêmur, bacia e traumatismo craniano.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motociclista de 49 anos relatou aos agentes que subiu na cabine da carreta e ficou pendurado na porta, tentando fazer o motorista parar, mas sem sucesso.

Segundo a Polícia Civil, o motorista que foi preso em flagrante, impossibilitou a defesa das vítimas.

Segundo a polícia, não foi um acidente de trânsito. Ele jogou o caminhão em cima dos motociclistas com o intuito de causar a morte.

O caminhoneiro de 36 anos, é do Rio Grande do Sul e disse que voltava de uma viagem a São Paulo. “Ele afirmou que achou estar num sonho e não sabe nem precisar o que fez. Disse que estava há muito tempo sem dormir, que fez uso de rebite para ficar acordado e que pode ter usado cocaína e remédio tarja preta”, disse o delegado que acompanha o caso.

Veja os vídeos:

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn