A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 27/09/2020 às 11:51

Homem é morto a tiros na zona norte de Marília

Vítima estava envolvida em homicídio ocorrido no final do ano passado. É o segundo crime em praticamente quatro dias.

 

A DIG (Delegacia de Investigações gerais) prossegue nas buscas aos autores de mais um assassinato em Marília. O crime ocorreu ontem à noite no bairro Professora Liliana de Souza Gonzaga, na zona Norte. É o segundo crime em praticamente quatro dias. Na quarta-feira, uma moça de 20 anos foi morta a tiros por um motoqueiro ainda não identificado.

A vítima deste novo homicídio é o servente de pedreiro, Franco Nero de Moraes, 33 anos, alvejado por pelo menos quatro tiros. Franco era acusado de envolvimento na morte do jardineiro Adilson Caetano, de 42 anos, conhecido como ‘Bodão’, em dezembro do ano passado na mesma região da cidade. Ele foi preso poucos dias depois pela DIG e recentemente havia deixado o sistema prisional.

De acordo com o boletim de ocorrência, o crime ocorreu na rua Lupércio Rodrigues  de Campos, pouco antes da meia noite. Uma criança de aproximadamente nove anos entrou na sala de uma das casas e disse “chama a polícia que vão matar meu pai”.

Em seguida a vítima entrou na mesma residência, perseguida por quatro jovens de aproximadamente 18 anos. Franco Nero de Moraes foi encurralado na garagem, onde foi atingido pelos tiros. Testemunhas ouviram os criminosos dizerem: paga, paga, agora você vai pagar”.

Equipes de Resgate do Corpo de Bombeiros e também a UTI Móvel do SAMU foram acionadas, mas a vítima morreu no local. Foram encontradas várias capsulas de pistola e a vítima tinha pelo menos quatro perfurações

Segundo crime - Este é o segundo homicicio em cerca de quatro dias na zona norte da cidade. Na última quinta-feira, uma moça de 20 anos foi morta a tiros no bairro Santa Antonieta. O criminoso seria um homem que chegou numa moto e efetuou três disparos contra a vítima.

Nesses dois casos, a DIG prossegue nas investigações, mas até agora ninguém foi preso.

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn