A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 17/06/2020 às 13:00

O que esperar da 1ª final europeia após o ápice da covid-19?

A primeira decisão de um campeonato europeu de futebol em meio à pandemia da covid-19 acontecerá nesta quarta-feira, 17. Juventus e Napoli disputarão a final da Copa Itália, no Estádio Olímpico de Roma, com portões fechados e seguindo uma série de protocolos de prevenção à nova doença.

Histórico na Copa Itália

Juventus é a maior campeã da competição, com 13 títulos acumulados, sendo quatro deles nos últimos quatro anos. O Napoli, por sua vez, possui apenas cinco taças da Copa Itália. A equipe foi a última a vencer a competição, em 2014, antes da Juventus emplacar uma sequência de quatro títulos seguidos.

A partida desta quarta-feira será o 12ª confronto entre Juventus e Napoli na Copa Itália. Nas 11 partidas que antecederam esse duelo, foram cinco vitórias para a Juventus, dois empates e quatro vitórias para o Napoli. Ambos não se enfrentavam na final dessa competição desde maio de 2012. 

O que esperar da final?

A decisão da Copa Itália será a primeira final de um campeonato europeu de futebol após o ápice da pandemia da covid-19 na Europa. Outras decisões já aconteceram fora do velho continente e foi possível averiguar como as equipes campeãs se portaram durante suas comemorações.

Na final do Campeonato Nicaraguense, por exemplo, o Real Estelí, que conquistou o título nacional, ignorou completamente as medidas de prevenção à covid-19 pré-estabelecidas pela organização da competição.

A taça deveria ter permanecido nas mãos de um único jogador, mas foi passada para os membros da comissão técnica e para o restante da equipe. Além disso, quase ninguém utilizava máscaras de proteção e aqueles que utilizavam, não portavam o item da maneira correta.

No Tajiquistão, os jogadores do Istiklol Dushanbe, campeões da Supercopa, também não se preocuparam em cumprir o distanciamento social no momento de erguer a taça. Aglomerados e sem máscaras os atletas da equipe festejaram a conquista do título.

Como se trata de ligas menores, não é possível levar ao pé da letra que Juventus ou Napoli irão desrespeitar os protocolos de prevenção durante a comemoração do título.

A Itália foi um dos países que mais sofreu com a propagação incontrolável da covid-19 e os resquícios dessa recente tragédia ainda permeiam a sociedade.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn