A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 05/04/2020 às 08:00

A importância da Transformação Digital nas organizações em tempos de pandemia

 

Por Elvis Fusco *

O mundo todo foi pego de surpresa pela atual crise global de saúde causada pela pandemia do COVID-19 decretada pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

A disseminação do vírus pelo contágio comunitário, já tendo atingido a todos os estados brasileiros, vem alarmando o mundo e levando as esferas de governo a adotar medidas para o enfrentamento desta emergência de saúde pública, as quais vem causando a mudança de comportamento das empresas, dos colaboradores e dos consumidores.

Diante das recomendações do Ministério da Saúde, das medidas provisórias presidenciais e dos decretos estaduais e municipais dispondo sobre as ações de contenção da contaminação dos cidadãos, em especial sobre o isolamento social, as empresas se viram obrigadas a analisar e acelerar sua capacidade digital e a iniciar os processos necessários à aplicação do teletrabalho, também  conhecido como home office ou trabalho remoto regulado pela Lei 13.467/2017 (CLT). 

Com a pandemia é certo que as empresas de todos os setores serão afetadas de maneira mais ou menos intensa de acordo com a alteração da demanda e a oferta de seus produtos e/ou serviços e com sua rapidez em implementar tecnologias aos seus negócios promovendo experiências digitais internas, no caso dos colaboradores que trabalharão remotamente, e externas no caso do atendimento às necessidades do consumidor.

A digitalização das organizações e a alteração nas relações de trabalho se tornaram medidas essenciais para que possam dar continuidade às suas operações minimizando os impactos econômicos causados pela pandemia.

A pandemia transformou o modo de execução dos trabalhos, as empresas digitalizadas saíram na frente implementando o trabalho home office e mantendo o vínculo com o cliente por meio de vídeo conferências e outras ferramentas digitais, escolas e universidades disponibilizaram conteúdos e aulas com professores online, diversos ramos do comércio focaram na venda de seus produtos exclusivamente por meio de plataformas de e-commerce utilizando meios de pagamento digitais e empresas de entrega expressa ou correios, empresas do ramo alimentício aderiram ao delivery por meio de aplicativos e de entregas ao domicílio, empresas de todos os setores continuam suas operações por meio da automação de processos e das tecnologias digitais disponíveis.

A digitalização encarada anteriormente por algumas empresas como um investimento que podia esperar, passou a ser vista como uma necessidade, uma medida urgente que vai além do desenvolvimento tecnológico imposto sobre tarefas em que o trabalho humano já não era tão eficiente, sendo imprescindível para as organizações que, diante das medidas de prevenção de contaminação, não conseguirão atender seus consumidores nesse momento menos mercadológico e mais humanitário, mas que ao ser superado terá modificado para sempre a forma de comercializar e de consumir. 

O efeito do Coronavírus foi uma guinada para o Mindset Digital das empresas tradicionais que adiavam sua digitalização porque seus negócios funcionavam bem naquele formato e que agora estão revendo seus conceitos e correndo contra o tempo para aplicar mudanças e tornar a tecnologia parte da estrutura organizacional de forma estratégica.

Com o risco de terem seus negócios arruinados muitos empreendedores estão recorrendo às redes sociais e aplicativos multiplataforma de mensagens instantâneas, de chamadas de voz e de vídeo para smartphones para continuar comercializando seus produtos e serviços e permanecerem próximos aos clientes. 

Entretanto, é importante lembrar que a Transformação Digital capaz de revolucionar as operações das empresas trazendo-lhes maior produtividade, competitividade e lucro vai muito além do uso de tecnologias.

O digital deve estar presente em todo o processo operacional, no modelo de negócios, na gestão empresarial, no marketing, nas vendas, no atendimento ao cliente e incluir os colaboradores, a liderança e o departamento de RH fazendo parte da cultura organizacional para que após implementada continue se modernizando e oferecendo a melhor experiência aos clientes e aos funcionários.

Se antes da pandemia as empresas e organizações viam-se desafiadas a utilizar o digital para garantia de competitividade e resultados, hoje o desafio é utilizar as tecnologias para proteger a saúde de parceiros, fornecedores, clientes e colaboradores e garantir a continuidade da atividade e das transações comerciais, o que com certeza levará à uma mudança cultural da empresa e a percepção de que essas novas práticas poderão ser utilizadas após a crise pois resultam na diminuição de custos inerentes a atividade empresárias, otimização de tempo resolvendo questões por email e realizando reuniões por vídeo conferência, flexibilização de tarefas aumentando o foco e a produtividade do colaborador, atendimento ao cliente de forma inovadora e mais efetiva entre outros benefícios.

A pandemia acelerou a transformação digital do consumidor e as empresas que ainda não se digitalizaram se viram despreparadas para lidar com a crise causada pelo COVID-19. Diante dessa situação as empresas, principalmente as pequenas, já mudaram suas opiniões sobre a importância do investimento na Transformação Digital de seus negócios.

Os empresários que tiverem o espírito empreendedor, enxergarem oportunidades em meio as dificuldades e conseguirem manejar as ferramentas tecnológicas disponíveis de maneira a vencer essa crise nunca mais serão os mesmos e tirarão lições positivas de um momento tão difícil e que agora lhes parece intransponível.

Apesar do futuro ainda ser incerto, o Brasil observou outros países e se adiantou na tomada de medidas preventivas a disseminação do COVID-19. Nenhuma empresa estava preparada para a pandemia, mas as empresas digitalizadas ou em processo de digitalização sofrerão efeitos menos devastadores.

Acreditamos que quando a situação se normalizar teremos profissionais melhores, grandes líderes e novos empreendedores com uma gama de inovações e estratégias criadas para contornar situações adversas e que continuarão sendo utilizadas a favor das empresas.

A Transformação Digital também vai evoluir, acontecerá de forma acentuada para todas as empresas e o resultado será uma alta em suas performances.

= = = = = = = = = 

* Elvis Fusco é Pró-Reitor de Inovação e Desenvolvimento Institucional do Univem; presidente da Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação (ASSERTI); e Coordenador do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília) e do Centro Incubador de Empresas de Marília (CIEM)

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn