A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 05/03/2020 às 17:22

Por não aceitar separação, delegado mata esposa e enteada. Vítima era escrivã de polícia

O delegado Erik Busetti ficou calado perante a Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (5). Ele foi preso em flagrante, na noite de quarta (4), suspeito de matar a esposa e a enteada a tiros, em Curitiba. O casal estava juntos a dez anos.

Busetti foi autuado por duplo feminicídio e está detido no Complexo Médico-Penal (CMP) em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo as investigações, Maritza Guimarães de Souza e Busetti estavam em processo de divórcio, passavam por muitas brigas e desentendimentos e discutiramu ao longo de toda a quarta-feira.

A delegada que acompanha o caso, informou que , na cena do crime, Busetti estava em estado de choque e que durante o interrogatório aparentava estar abalado.

O crime aconteceu por volta das 23h30 na casa onde a família morava, no bairro Atuba. A filha do casal, uma menina de nove anos, estava na residência dormindo.

A Polícia Militar (PM) foi ao local, e a Polícia Civil chegou na sequência. De acordo com a delegada, ele deixou a arma no chão e se entregou.

Delegado Erik Busetti (em imagem de arquivo da RPC) é suspeito de matar a esposa e a enteada a tiros, em Curitiba — Foto: Arquivo/RPC

As vítimas

Maritza tinha 41 anos e era escrivã da Polícia Civil. Ela trabalhava na Divisão de Planejamento Operacional, enquanto Busetti estava lotado na Delegacia do Adolescente.

A outra vítima é uma adolescente de 16 anos. Ana Carolina Souza era filha de Maritza e enteada de Busetti.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn