A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 05/11/2019 às 16:37

Vereador de Vera Cruz pode ter mandato cassado por desacatar servidores

  • O vereador poderá ter o seu mandato cassado por desacatar servidores

A Câmara de Vera Cruz vota logo mais às 20h um pedido de abertura de Comissão Processante que pode resultar na cassação do mandato do vereador Ari Bernardo Júnior, com base em representação assinada por seis pessoas da comunidade.

O vereador é acusado de desacatar e ameaçar servidores públicos sob alegação de que estaria "fiscalizando" o poder público. De acordo com o texto que foi protocolado, o vereador é acusado de "intimidar, ameaçar, desmoralizar, humilhar e diminuir" servidores públicos municipais em diversas ocasiões.

Um boletim de ocorrência chegou a ser registrado na Delegacia, no dia 22 de outubro, por ameaça, onde os funcionários relataram que o representante do Legislativo esteve no Departamento de Compras e Patrimônio da Prefeitura perguntando, de maneira rude, onde estaria o secretário municipal de Planejamento, exigindo ter acesso à documentos.

Uma funcionária chegou a passar mal devido ao nervosismo. A situação só foi contornada com a chegada da prefeita, Renata Devido, que foi em defesa dos servidores. Contrariado, Ari abandonou o local.

Essa mesma situação também teria ocorrido na Unidade de Saúde, Ari Bernardo Júnior esteve em busca de documentos e afirmando que, como vereador, teria atendimento prioritário, passando na frente de pacientes. 

Entre as justificativas para a cassação, conforme o documento, estão conduta incompatível do vereador com a dignidade da Câmara e falta de decoro em atuação pública.

Fiscalização - Numa participação ao vivo pelas redes sociais (em seu Facebook) o vereador  Ari Bernardo Júnior alegou que tem como uma das funções fiscalizar o poder público. "Sou pago por você (referindo-se aos moradores) para fiscalizar a Prefeitura", afirmou.

Sobre o boletim de ocorrência registrado na delegacia, Ari afirmou na mesma "live" que alguns servidores estariam "mentindo" no depoimento que prestaram.

Trecho do boletim de ocorrência registrado na Delegacia e da denúncia feita à Câmara:

 

 

 

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn