A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 25/05/2019 às 14:00

Você trabalha ou sobrevive ao trabalho?

Pesquisas mostram como o estresse e a pressão têm gerado doenças em profissionais cada vez mais jovens

De tão comuns, as doenças causadas pelo trabalho atualmente deixaram de ser dignas de nota. Ter uma crise de estresse com efeitos fisiológicos que demandem atendimento médico não é mais o alerta vermelho de “vamos repensar essa rotina”

Estamos falando de uma maioria de profissionais que têm entre 20 e 40 anos. Claro que dados são importantes, mas não precisamos pesquisar muito para encontrar profissionais que atuam à beira de um colapso e, é claro, que tem algo errado nisso

Alguns fatores contribuem para o aumento e desenvolvimento de doenças psicossociais. Cargas de trabalho excessivas, exigências contraditórias e falta de clareza na definição de funções, falta de autonomia para executar o trabalho, assédio psicológico ou sexual, insegurança se irá permanecer na empresa, falta de apoio da chefia e dos colegas, má gestão. 

Horas excessivas de trabalho não são sinônimo de produtividade. O trabalho edifica o homem, dignifica, dá oportunidade de desenvolvimento e crescimento. É positivo. É maravilhoso. Como tudo na vida, ele precisa de equilíbrio.

A seguir algumas sugestões bem objetivas para quem quer melhorar sua qualidade de vida no trabalho.

  • Trabalhe um número x de horas e tenha disciplina para cumprir este número. 
  • Trabalhe mais em menos tempo é um exemplo de aumento de performance.
  • Tenha o restante da carga horária livre para fazer as atividades que julgar importantes para sua vida.
  • Assuma responsabilidades e tome decisões coerentes com a qualidade de vida que busca. Passe a fazer exercícios de administração do tempo. Aprenda a delegar.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn