A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 13/02/2019 às 11:26

Policiais Militares de Marília participam da operação de transferência de Marcola

  • Comboios de viaturas levam Marcola e outros 21 líderes do PCC

Sob forte esquema de segurança, líder máximo do PCC e outros 21 criminosos da facção são transferidos de presídios da região de Presidente Prudente para unidades federais. Risco de retaliação é grande

Equipes da Polícia Militar de Marília também participaram nesta madrugada para transferência do líder máximo do PCC (Primeiro Comando da Capital), Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, e outros 21 líderes para unidades federais. Eles cumpriam pena em presídios estaduais na região de Presidente Prudente. Em todo o Estado, a polícia está em alerta máximo porque há risco de retaliações.

Tropa de choque cercou os principais acessos ao aeroporto de Presidente Prudente.

Houve um forte esquema de segurança nos arredores da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, desde as primeiras horas da madrugada desta quarta-feira (13), para que a transferência fosse realizada sem incidentes. 

Ele e outros 21 criminosos (líderes do 1° e 2° escalão da facção criminosa) foram levados em combio até o aeroporto de Presidente Prudente onde embarcaram em um avião da Força Aérea Brasileira - FAB para presídios federais. 

De acordo com a polícia, havia pedido a remoção dos presos em outubro do ano passado, as penitenciárias foram escolhidas em razão da localização, o que dificultaria a comunicação com os demais membros da organização criminosa. A transferência foi pensada após a descoberta de um plano de resgate de Marcola.

Um comboio de viaturas da Polícia Militar, Polícia Rodoviária, equipes do Choque e ROTA seguiram pela rodovia Raposo Tavares e escoltaram os 'bondes' com os detentos.

Dois helicópteros Águia da PM sobrevoaram o trajeto. A rodovia ficou parcialmente bloqueada para a passagem exclusiva do comboio. 

RETALIAÇÃO

Pontos de bloqueio realizados em Marília desde a madrugada.

A realização desde a madrugada, em todo o Estado, de mais uma operação "São Paulo Mais Seguro", não foi "por acaso".

A preocupação do alto comando da Secretaria de Segurança Pública é que a transferência de Marcola e dos demais líderes pode causar uma retaliação do PCC.

Por isso, todo o efetivo (inclusive o pessoal administrativo) está nas ruas para reforçar o patrulhamento tanto em locais de redutos criminosos como também pela cidade de maneira geral.

Em Marília, a mobilização começou às 5h e vai prosseguir durante 24h.

Confira a videorreportagem do canal VISÃO TV:

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn