A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 08/01/2015 às 12:56

Dilma: 3º Turno nas eleições? É o que sonha PSDB

  • Carlos Sampaio e Dilma: quem vence? (ampliar)

Tucanos podem receber dados. Mas, TSE pede sigilo até relatório.

 

Quase onze semanas após a confirmação da vitória da presidente Dilma Rousseff nas eleições presidenciais, o PSDB segue na disputa do terceiro turno.

 

Nesta semana, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acertou com o partido os últimos detalhes para liberar os dados das urnas eletrônicas, conforme solicitado em outubro pelo deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP), coordenador jurídico da legenda.

 

O PSDB já tem uma equipe formada para trabalhar na auditoria dos votos, provavelmente a partir da próxima semana.

 

De acordo com o advogado do partido e coordenador dos trabalhos, Flávio Henrique Costa, detalhes técnicos importantes impediram que a entrega das informações solicitadas fosse feita antes, conforme noticia reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

 

SIGILO - Para entregar os dados aos tucanos, o presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, fez duas exigências, aceitas pelo PSDB: que as informações fossem mantidas sob sigilo até o fim do processo e que a legenda entregasse um relatório final sobre os trabalhos.

 

De acordo com Costa, o trabalho agora é "fazer verificação da operacionalização dos dados do sistema, do processo de totalização dos votos e da transmissão dos resultados pelos diversos órgãos da Justiça Eleitoral".

 

O pedido de auditoria feito pelo PSDB ao TSE em outubro passado causou polêmica, uma vez que a vitória de mais um mandato do PT já estava confirmada. Carlos Sampaio argumentou à época que o objetivo não era questionar o resultado das urnas, mas o processo dos votos.

 

"Os dias que se sucederam ao encerramento da eleição revelaram, no que tange ao resultado final, uma somatória de denúncias e desconfianças por parte da população", justificou. Fonte: Brasil 247

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn