A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 05/11/2014 às 08:37

Em um ano de prisão, Dirceu leu 60 livros e perdeu mais de 10 kg

  • À direita em 2013, quando foi preso; à esquerda, terça-feira (4). (ampliar)

O ex-ministro está bem mais magro do que quando foi preso,

 

A qualidade da comida servida na prisão e uma rotina de exercícios diários fizeram com que o ex-ministro José Dirceu, 68, perdesse cerca de 10 kg no período em que ficou na penitenciária da Papuda, em Brasília, onde permaneceu durante um ano.

 

Condenado a 7 anos e 11 meses, em regime semiaberto, por corrupção ativa, Dirceu deixou a prisão na tarde da terça-feira (4), após obter o direito de cumprir o restante da pena em regime aberto.

 

De acordo com a assessoria de Dirceu, além de fazer dieta, ele manteve uma rotina de exercícios diários. Em menos de um ano, leu cerca de 60 livros de política, economia, biografias, entre outras áreas.

 

Embora não tenha cumprido um sexto da pena, o ex-ministro antecipou a progressão do regime semiaberto ao aberto por ter estudado e trabalhado durante todo tempo em que esteve na Papuda.

 

Suas tarefas dentro da Papuda, eram cuidar da limpeza do pátio e organizar a biblioteca do presídio. O ex-ministro também fez curso de especialização em Direito, oferecido pelo sistema penitenciário a todos os detentos.

 

Em junho, com autorização da Suprema Corte, Dirceu passou a trabalhar no escritório de advocacia de José Gerardo Grossi, seu amigo --o petista ainda não decidiu se permanecerá no escritório agora que migrou ao semiaberto.

 

Dirceu continuará morando em Brasília, na casa de uma das filhas. Pelas regras do regime aberto, o ex-ministro tem de estar em casa entre 21h e 5h. Nos finais de semana e feriados, não pode sair de casa. Para viajar, precisa de autorização da Vara de Execuções Criminais.

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn