Web rádio ao vivo
Visão Notícias
Postado em 10/11/2021 às 09:45
Fotos mostram cabos atados na hélice do avião que levava Marília Mendonça

O avião em que viajava a cantora Marília Mendonça, que caiu na sexta-feira, em Caratinga, no Vale do Rio Doce, foi encontrado pela Polícia Civil de Minas Gerais com cabos enrolados nas hélices. A sertaneja e mais quatro pessoas morreram no acidente. 

Os destroços do bimotor seguiram para perícia no Rio de Janeiro. Os motores foram enviados a Sorocaba. Os fios, no entanto, ainda não foram identificados.

Uma das hipóteses é de que eles sejam da torre de transmissão de energia da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), com a qual a aeronave se chocou antes da queda.

Na sexta, a distribuidora confirmou, por meio de nota, que a aeronave atingiu uma dessas estruturas, embora ela estivesse instalada abaixo da zona de proteção do aeródromo de Caratinga.

Os motores do avião (um Beechcraft King Air C90) foram as últimas peças a serem recolhidas do local do acidente, nesta segunda-feira.

Um deles caiu em uma área de mata fechada após se soltar da aeronave, em decorrência da colisão com os fios da torre de energia da Cemig. O segundo motor estava submerso em uma cachoeira.

A viagem da cantora Marília Mendonça e sua equipe a Caratinga, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais, onde faria um show na noite de sexta-feira, foi interrompida a 4 km do aeroporto da cidade após a queda do avião em que estavam. Cinco pessoas morreram na tragédia. Informações: Estado de Minas.

 
Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.