Web rádio ao vivo
Visão Notícias
Postado em 28/10/2021 às 20:00
Policial aposentado que tentou matar ex-mulher após divórcio faz mensagem: 'eu amo você'
Um print de uma conversa mostra a insistência de um policial aposentado de 55 anos em manter contato com a ex-mulher, que escapou de ser morta por ele, ao se esconder no trabalho, horas depois da audiência de divórcio do relacionamento.
 
O ataque do ex-marido ocorreu em Sorocaba. Testemunhas contaram que houve disparo de arma no comércio. O policial caminhou até a mulher, que trabalha como caixa. Em seguida, houve confusão.
 
A vítima informou que o casamento de três anos acabou por ter sido um relacionamento abusivo e, mesmo após a separação, o homem insistia em mensagens e ligações.
 
"Durante o casamento sempre que tinha alguma discussão e ele ia para o quarto e pegava a arma. Sempre que ele bebia era o caos."

Medida protetiva

O caso foi parar na Justiça e mulher conseguiu uma medida protetiva com urgência, além de uma audiência para a separação e partilha de bens. No entanto, após o fim da reunião online com advogados, as partes e o juiz, o suspeito foi até o trabalho da vítima e tentou matá-la.
 
A vítima contou que estava trabalhando, quando se deparou com o ex-marido armado dentro da loja: "Peguei o celular para ligar para o 190. Quando comecei a discar, eu o vi levantando a camisa e sacando a arma. Gritei que ele estava armado e aí ele fez o disparo. A arma deu problema no pente e engatilhou. Chutou outras duas portas e apontou a arma para outras pessoas", lembra a mulher.
 
A vítima conseguiu correr e subir para outro cômodo. Na sequência, o suspeito entrou no refeitório, apontou a arma para uma funcionária e perguntou onde a ex-esposa estava.

A vítima, que já tinha uma medida protetiva, não ficou ferida e está escondida. Os dois estão separado há cerca de 4 meses. O caso é investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher. (G1)

 

Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.