Web rádio ao vivo
Visão Notícias
Postado em 19/10/2021 às 14:00
Deputado que ofendeu o Papa Francisco e arcebispo de Aparecida pede desculpas

O presidente da Alesp, Carlão Pignatari, repudiou as declarações feitas pelo deputado estadual Frederico D'avila (PSL), que chamou o Papa Francisco e bispos da CNBB de “pedófilos”, “safados”, “vagabundos” e “imundos”.

Após as manifestações contrárias tanto da Alesp como de dezenas de entidades e autoridades, o deputado pediu desculpas. e disse que extrapolou nas palavras.

O pedido de desculpas veio na mesma sessão. O deputado D’Avila alegou ter sido inflamado por problemas pessoais ocorridos nos dias anteriores. “Meu pronunciamento foi inapropriado, exagerado, descabido e infeliz”, disse.

Entenda o caso

No dia 14, D’Avila usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) para rebater um discurso feito pelo o arcebispo, Dom Orlando Brandes, durante cerimônia no Santuário de Aparecida.

Na ocasião o presidente Jair Bolsonaro, que estava no local, foi acusado por 400 padres e 10 bispos de “profanação do Santuário para fins eleitoreiros”. D'avila se ofendeu com as acusaçõese rebateu as críticas com ofensas.

Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.