Web rádio ao vivo
Visão Notícias
Postado em 06/07/2021 às 19:55
A importância de conservar seus dados online

Com a popularização da internet e o avanço da tecnologia de armazenamento de informações e transmissão delas, aos poucos fomos nos dando conta de como é importante conservar seus dados online e como seu uso errado pode ser prejudicial.

Não faltam notícias sobre vazamentos de dados de todo tipo de plataforma e site.

A venda dessas informações entre cibercriminosos alimenta uma indústria de milhões e milhões de dólares.

Não à toa o problema começou a ser atacado pelas autoridades e a criação de leis como a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) é um passo positivo.

Mas como proteger melhor meus dados e conservar o mínimo de privacidade em uma era em que essa palavra parece ter quase perdido o sentido?

Seus dados são muito valiosos

Empresas gigantes de tecnologia começaram a usar os dados informados pelas pessoas de forma consciente – ao aceitar os Termos e Condições – para oferecer publicidade bastante direcionada. Quem já fez uma pesquisa online por um produto e percebeu que logo depois todos os anúncios mostrados são de produtos similares sabe disso.

Portanto esse valor dos dados não pode ser subestimado. E informá-los tem que vir acompanhado de algumas noções.

Primeiro, é preciso ter confiança no site ou serviço que pede essas informações.

Pedir email, telefone, nome e até CPF é prática comum na internet, mas não saia informando isso para qualquer um porque o risco de vazamento, não necessariamente por má-fé da loja ou serviço, é maior.

Por exemplo, no setor de apostas esportivas e cassino online, a exigência para proteção de dados é bastante grande. Os sites precisam ser seguros pelo selo do Google – ou seja, criptografar informações dificultando seu vazamento – e ter outras estratégias de proteção dessas informações.

O site de cassino Betsson é licenciado e regulamentado pelo governo de Malta e entre as necessidades impostas para ter essa licença é oferecer uma plataforma segura. Afinal, além dos dados pessoais, também são compartilhados dados financeiros para fazer depósitos e saques da plataforma.

Por isso procure saber se as empresas têm o mínimo de proteção dessas informações e não confie seus dados a sites que parecem suspeitos.

Crie sua própria proteção

Com a grande quantidade de vazamentos e a falta de cuidado por anos com as informações das pessoas, é possível que dados pessoais seus estejam online ou possam ser encontrados.

Isso por si só não é um grande problema, mas pode se tornar caso você facilite algumas ações que são bastante usadas por cibercriminosos.

Por exemplo, a prática do phishing usa o email que o criminoso teve acesso, assim como seu nome, para convencê-lo que é hora de trocar a senha do banco ou fazer um depósito para ganhar determinado produto ou prêmio.

Sempre suspeite de e-mails que pedem informações pessoais porque não é normal que bancos e instituições sérias façam isso.

O mesmo serve para o Whatsapp. O vazamento de seu número de telefone e nome não é um problema por si só, mas quando alguém se passa por você para chegar em seus contatos e pedir um depósito via PIX, ai temos um golpe que está sendo muito praticado no Brasil.

Portanto sempre certifique-se de que a pessoa que está falando com você é mesmo um contato. Ligue para a pessoa ou peça um áudio antes de fazer uma transferência que dificilmente será retornada, gerando prejuízos consideráveis para as vítimas.

Por fim, use um anti-vírus poderoso e troque a todo momento suas senhas, porque, aí sim, com o vazamento dessa informação o problema se manifesta, já que com acesso a uma senha sensível o criminoso pode cometer diversos atos sem ninguém para pará-lo rapidamente.

Ative a verificação em dois fatores, que é quando ao ter o acesso a uma plataforma, além da senha é preciso enviar um código que foi informado por SMS ou um aplicativo no celular. Essa medida já é de grande ajuda para proteger melhor suas informações e sua privacidade.

 

Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.