Web rádio ao vivo
Visão Notícias
Postado em 05/01/2021 às 11:49
Prefeitura de Marília muda índice para reduzir reajuste do IPTU

Após uma repercussão negativa do reajuste anual do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), que se baseava no IGPM e representaia um aumento de 24,52% no tributo municipal, o prefeito Daniel Alonso anunciou nesta segunda-feira que enviará um projeto de lei à Câmara Municipal propondo mudança no indexador para o IPCA, que ficou em 4,31% em 2020. 

O projeto deverá ser votado em sessão extraordinária. Desde 2015 que a Prefeitura utiliza o IGPM (Índice Geral de Preços do Mercado) como indexador para o IPTU. 

"Mas, neste ano, o IGPM pegou a todos de surpresa e foi muito desagradável. Vamos enviar um projeto de lei à Câmara Municipal, solicitando assim a mudança para o IPCA. Vou solicitar ao presidente Marcos Rezende que convoque uma sessão extraordinária para apreciar esse projeto de lei e, sendo aprovado, colocar em vigor já para o IPTU 2021”, afirmou o prefeito Daniel Alonso.

Ainda de acordo com a Prefeitura, também haverá mudança no vencimento do IPTU, que passará do mês de fevereiro para março, como forma de dar tempo para que o projeto seja aprovado pelo Legislativo. O assunto causou muita polêmica no Legislativo.

Carnês e anistia

O prefeito Daniel Alonso informou que para este ano 2021 não serão emitidos carnês, como forma de economia. Os contribuintes vão receber uma carta, contendo os códigos de barras para pagamento.

Outro projeto de lei a ser enviado à Câmara Municipal será o Plano de Regularização de Débitos, que prevê até 100% de descontos de juros e multas em débitos junto à Prefeitura e ao Daem com relação a tributos vencidos até 31 de dezembro de 2020.

 

Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.