Visão Notícias
Postado em 11/07/2020 às 10:30
Criminoso morto em Tupã tentou se esconder e matar policiais militares

O homem de 35 anos, morto ontem à noite durante uma troca de tiros com policiais militares em Tupã, havia se escondido numa moita e pretendia matar os PMs que tentavam localizá-lo durante perseguição. Ele levou três tiros e morreu quando dava entrada no Pronto Socorro.

As informações foram divulgadas neste sábado. A arma usada pelo criminoso, um revólver, foi apreendida. Apresentava duas cápsulas deflagfradas, além de outra "picotada" (flalhou). No interior do veículo utilizado pelo suspeito, os policiais apreenderam R$ 11.300,00. O acusado, conhecido como "Pimenta", era procurado pela justiça para cumprir pena por tráfico de drogas.

Como foi

A troca de tiros ocorreu no interior do córrego Afonso XIII onde o suspeito acabou baleado e morto.

A troca de tiros com policiais da Força Tática da Polícia Militar ocorreu no interior do córrego Afonso XIII. Os policiais estavam em patrulhamento pela região quando supeitaram de um veículo.

Dinheiro que estava com o criminoso foi apreendido.

Ao tentar fazer a abordagem, o motorista decidiu saltar do automóvel ainda em movimento e fugiu para o córrego, onde se refugiu.

Ao perceber a aproximação dos policiais, não pensou duas vezes: tentou alvejá-los. Houve revide e acabou baleado na altura do peito e virilha.

O resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado, mas o criminoso acabou morrendo quando dava entrada no pronto socorro da Santa Casa de Tupã. 

O comando de Força Patrulha de Marilia com o Tenente Kobayashi e Tenente Assis junto com o Capitao Wander e Tenente Butareli e Dr Luiz Antonio Hauy Seccional estiveram no local para ouvir os Policiais envolvidos na ocorrencia, registrada pela delegada Janaina Antoniazzi Pinheiro(C/ informações de João Trentini)

Matéria atualizada às 10h30 (11/07)

 

 

 

 

 

 

Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.