Visão Notícias
Postado em 09/06/2020 às 16:00
Caso Rafael Miguel faz um ano e polícia não tem pistas do assassino

Investigação já procurou por mais de 300 endereços em dez estados e em dois países da América do Sul, mas ainda não encontrou Paulo Cupertino.

Um ano depois do assassinato do ator Rafael Miguel e de seus pais, a polícia ainda não tem pistas do paradeiro de Paulo Cupertino, apontado como o responsável pelo crime. 

Paulo Cupertino Matias é considerado foragido da Justiça e procurado pela polícia desde o dia do crime. O crime aconteceu no dia 9 de junho de 2019. Cupertino atirou e matou o ator Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, e os pais dele, João Aloizio Miguel, de 52 anos, e Mirian Selma Silva Miguel, de 50 anos. Ele fugiu em seguida e até hoje não foi encontrado.

Segundo a Polícia Civil, Paulo Cupertino cometeu o crime por não aceitar o namoro do ator Rafael com sua filha, Isabela Tibcheran.

Desaparecimento 

Não se sabe se ele está fora do Brasil ou em outro estado. A polícia solicitou que o nome de Cupertino seja incluído na lista de foragidos da policia internacional, a Interpol.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou, em nota, que o caso continua em investigação pelo 98º DP, que realiza buscas pelo autor do crime. O caso está sob segredo de Justiça.

Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.