Visão Notícias
Postado em 28/01/2020 às 15:20
Polícia Civil começa a usar reconhecimento facial nas investigações

A  Polícia Civil de São Paulo passará a utilizar uma tecnologia de reconhecimento facial para identificar suspeitos de crimes, foragidos e até pessoas desaparecidas. 

O sistema passa a funcionar nesta terça-feira (28). Ele não funcionará em tempo real, isto é, as imagens de um local em que ocorreu um crime deverão ser enviadas para a equipe especializada, que submeterá o material à análise da nova tecnologia.

O início do uso do sistema foi anunciado em evento na manhã desta terça, com a presença do governador João Doria (PSDB) e outras autoridades. Tecnologias semelhantes são utilizadas em Estados como Bahia e Rio de Janeiro, além de outros países, e já foram alvo de críticas por erros e identificar majoritariamente pessoas negras.

 
"O reconhecimento facial não vai ser utilizado isoladamente como meio de prova, nós vamos 'linkar' a outros procedimentos da Polícia Civil, que vão formar um conjunto e que vão aí determinar se esse sujeito, que é o suspeito, praticou o delito ou não", completou o delegado-geral da Polícia Civil, Ruy Ferraz Fontes.

 

Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.