Visão Notícias
Postado em 21/01/2020 às 10:00
João de Deus é condenado a 40 anos de prisão por estupro

O médium João de Deus foi condenado a 40 anos de prisão, por crimes de estupro de vulnerável – no total, o caso envolve cinco vítimas. Duas das vítimas são do Rio de Janeiro, uma de São Paulo, uma do Distrito Federal e uma do Rio Grande do Sul.

É a segunda condenação de João de Deus por crimes sexuais, que recebeu sentença de 19 anos e 4 meses de prisão em dezembro de 2019 por dois casos de estupro de vulnerável e duas violações por fraude.

No total, ele já foi denunciado 12 vezes pelo Ministério Público de Goiás (MPGO) por crimes sexuais. Em um desses casos, a acusação envolve, também, falsidade ideológica e, em outro, corrupção de testemunha e coação.

A última dessas denúncias foi apresentada no último dia 13 de janeiro, contra ele e dois guias que trabalhavam no transporte de fiéis para Abadiânia. Segundo o MPGO, foram também dois casos de estupro de vulnerável e as vítimas teriam sido abusadas entre janeiro de 2009 e janeiro de 2011.
Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.