Web rádio ao vivo
Visão Notícias
Postado em 21/06/2018 às 13:18
Prefeitura nega que DAEM será vendido, mas admite reformulações
Prefeito Daniel se reuniu com os funcionários do DAEM e negou venda.

A Prefeitura de Marília divulgou uma nota oficial desmentindo informações sobre uma possível venda do DAEM (Departamento de Água e Esgoto de Marília). Mas, ao mesmo tempo admitiu que estão sendo feitos estudos de alterações no Plano Diretor da autarquia que, sozinha, não estaria dando conta da demanda do município.

É um absurdo e muito maldosos esses comentários. O que foi solicitado por mim é um diagnóstico completo das estruturas atuais do departamento e uma revisão urgente no Plano Diretor da autarquia. Tudo isso para que possamos fazer investimentos a longo prazo. Hoje, só com a renda do Daem, não é possível atender toda a demanda que a cidade necessita”, afirmou o prefeito Daniel Alonso. 

De acordo com a Prefeitura, diversos empreendimentos imobiliários estão surgindo na cidade, mas é preciso que tenham infraestrutura necessária, principalmente na questão do abastecimento de água. Uma reunião entre o presidente do DAEM, Marcelo de Macedo, e a Prefeitura deve acontecer no início da próxima semana para tratar dos assuntos levantados.

Nas reuniões com servidores, o prefeito disse que está sendo feito um diagnóstico e não venda do DAEM.

INVESTIMENTOS - Segundo o prefeito Daniel, foram feitos investimentos no DAEM, como compra de motos, carros e caminhões, conserto de máquinas, concurso público para vários cargos e diversos acertos administrativos.

Além disso, foi aberto o processo licitatório para conclusão da obra do afastamento e tratamento de esgoto. Por problemas na licitação apontados pelo Tribunal de Contas, esse processo foi suspenso e reaberto na semana passada.

Uma vez reiniciada, a obra deve ter a conclusão das estações de tratamento do Pombo e do Barbosa. Com isso, 70% do esgoto de Marília será tratado.

Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.