Visão Notícias
Postado em 27/03/2018 às 10:50
Brasileiro preso por cometer abuso sexual na Itália é considerado "estuprador em série"

As autoridades italianas prenderam um brasileiro acusado de ter assediado sexualmente de duas adolescentes nas cidades de Monza e Casatenovo, na região norte da Itália.

Procuradoria de Monza afirmou nesta terça-feira (27) que o brasileiro preso na Itália acusado de abuso sexual já estaria planejando um novo ataque contra uma adolescente.   

Raul Rodriguez da Silva, de 35 anos, morava em Berbenno di Valtellina, no norte da Itália, mas foi preso na sexta-feira (23) na cidade de Ímola, acusado de ter assediado sexualmente duas meninas.   

De acordo com a procuradora Luisa Zanetti, por conta "do seu passado e de suas ações", o brasileiro pode ser considerado um "violentador em série". Além disso, ela afirmou que a próxima vítima de Silva seria assediada em um shopping center.   

Na primeira tentativa de assédio, Silva atacou uma menina de 13 anos enquanto ela voltava para casa. Na ocasião, a jovem conseguiu escapar do brasileiro após ter mordido a mão do agressor. No mesmo dia, Silva atacou outra menina que voltava da escola.

Na oportunidade, o brasileiro agarrou a adolescente e tentou arrastá-la para um lugar distante, no entanto, a jovem conseguiu fugir ao ter gritado e se contorcido para fugir das mãos do agressor.

Acompanhadas pelos pais, as duas jovens apresentaram uma queixa contra o brasileiro, que havia fugido de Berbenno di Valtellina para Bolonha. Mas a fuga durou pouco, já que a polícia conseguiu prender o acusado.

Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.