Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 25/07/2019 às 15:42

Concessão da SP-294: novo local de pedágio prejudica quem mora entre Marília e Pompeia

  • Praça do pedágio tem novo local, mas ainda prejudica a população.

Instalação ainda deve ficar entre as duas cidades. Prefeita de Pompeia fica surpresa e tenta conseguir nova alteração de local. Governo já publicou edital de concessão 

Apesar de toda movimentação das lideranças de Maríia e região, a única mudança de local das praças de pedágio na SP-294 não agradou políticos e muito menos a população.

A cobrança, que iria ocorrer entre Paulópolis e Pompeia (km 490), está prevista agora para o quilômetro 477, nas proximidades da Rodojacto, ou seja, mantendo a cobrança entre Marília e Pompeia.

A "briga" era para que a instalação ocorresse somente no trecho da "serra de Quintana", ou seja, após o trecho de intenso movimento entre Pompeia e Marília. A segunda praça (próximo a Marília) não sofreu alteração de local, ou seja, permanece no quilômetro 426, próximo ao distrito de Jafa.

CONSTRUÇÃO DE MARGINAIS 

O edital de concessão de concorrência internacional para concessão do Lote Piracicaba – Panorama (envolvendo a SP-294), envolvendo 1.273 quilômetros de rodovias, foi lançado nesta semana com previsão de investimentos de R$ 14 bilhões em obras a serem realizadas ao longo de 30 anos de contrato.

O único "consolo" que ficou para Marília é a empresa vencedora da licitação terá que duplicar o trecho da SP-294 desde Marília (km 458) até o pedágio sentido Pompeia (km 477) no terceiro ano de concessão. Antes, o edital não previa essa "duplicação" e, dessa forma, ficariam de fora obras importantes, como viadutos e outros dispositivos principalmente no trecho do distrito de Padre Nóbrega. Além disso, prevê agora a implantação de marginais em Marília.

MOBILIZAÇÃO POLÍTICA 

Prefeita Tina: surpresa com o edital.

Mas, o edital de concessão já encontra resistências e causa polêmica. A prefeita de Pompeia, Tina Januário, por exemplo, ficou surpresa ao tomar conhecimento do novo local escolhido.

É que, além de permanecer entre a cidade e Marília (prejudicando as pessoas que trabalham ou precisam se deslocar entre os municípios), agora vai prejudicar diretamente o grupo Jacto, um dos mais importantes do oeste paulista.  A praça vai ficar justamente na Rodojacto (próximo ao hotel Vale do Sol) e, dessa forma, até os funcionários que forem se deslocar entre as unidades terão que pagar o pedágio.

"A prefeita Tina ficou surpresa com a informação e ainda está analisando o edital", informou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Pompeia. Mas, há informações de bastidores de que Tina já está agendando uma audiência com o vice-governador paulista, Rodrigo Garcia, com a participação da diretoria da Jacto. O objetivo é conseguir a mudança novamente do pedágio.

 

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn