Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 25/07/2019 às 09:56

Ex-marido de Najila Trindade afirma: “Não houve estupro”

Em entrevista à revista IstoÉ, o ex-marido da modelo Najila Trindade Mendes de Souza afirmou que ela não foi estuprada por Neymar. Estivens Alves fez revelações sobre o caso que dominou o país depois que a jovem afirmou, no começo de junho, que o atleta a violentou sexualmente em Paris.

Ele contou que foi a primeira pessoa com quem Najila conversou após manter relações sexuais com o craque. Estivens disse que no dia 16 de maio recebeu uma ligação da ex contando sobre o encontro com Neymar no dia anterior e reclamando, entre lágrimas, do pouco caso e da grosseria dele.

Najila e Estivens foram casados por sete anos. Questionado pela revista quais os motivos que o levaram a revelar tudo agora, Alves afirmou: “Quero dar um basta na história”

Entenda
Segundo o relato da vítima, o fato aconteceu no dia 15 de maio, mas só foi registrado em 31 de maio, na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em Santo Amaro, em São Paulo. A modelo disse à polícia que estava emocionalmente abalada e teve medo de registrar o caso na França.

A mulher contou que conheceu Neymar pelo Instagram e os dois começaram a trocar mensagens. No dia 12 de maio, um assessor do jogador, identificado como “Gallo”, entrou em contato para fornecer passagens para o embarque no dia 14 de maio.

 

Ela chegou a Paris no dia seguinte e ficou hospedada no hotel de luxo, ao qual o jogador teria chegado por volta das 20h, com sinais de embriaguez. De acordo com o relato, houve troca de carícias, mas Neymar tornou-se agressivo e usou a força para fazer sexo com ela. No dia 17 de maio, a vítima retornou ao Brasil.

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn