Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 22/07/2019 às 13:00

Rapaz atingido por linha cerol já está em casa

  • Bombeiros socorrem Lucas (esq.). Fralda utilizada por frentista salvou a vida do rapaz.

Vítima, de 21 anos, foi salva "por um milagre", diz a família que fez questão de agradecer aos frentistas que prestaram primeiros socorros. 

O técnico em informática, Lucas Júnior de Oliveira Dutra, de 21 anos, teve alta nesta tarde (22) após ficar dois dias internado no Hospital das Clínicas em Marília. Ele se recupera, agora em casa com a família, dos ferimentos graves que sofreu após ser atingido por uma linha cerol que causou cortes profundos no pescoço e numa de suas mãos.

Segundo familiares, o rapaz só não morreu porque houve um socorro rápido inicialmente de frentistas de um posto de combustíveis e depois pela equipe resgate do Corpo de Bombeiros.  

Linha cerol que foi recentemente apreendida pelos Bombeiros próximo ao local onde Lucas foi atingido.

O acidente aconteceu no sábado à tarde e divulgado em primeira mão pelo portal Visão Notícias. Lucas tinha acabado de sair da casa de alguns amigos e voltava  para casa (no Jardim Renata, zona norte), pilotando sua motocicleta.

Nas proximidades do cemitério Parque das Orquídeas, sentiu a fisgada no pescoço e rapidamente colocou a mão para tentar cortar a linha, contou o pai dele, Alex Junior de Oliveira Dutra. Aí que percebeu que havia sofrido um corte profundo tanto no pescoço como também numa das mãos, chegando a cortar o tendão.

Desesperado, pediu socorro no posto de combustíveis existente próximo do local. O frentista Gabriel Ferreira Martins contou que correu até o seu carro e pegou uma frealda de sua filha, proncurando estancar o sangue e imediatamente foi acionado o resgate.

Lucas foi levado imediatamente ao centro cirurgico do Hospital das Clínicas, onde os médicos conseguiram fazer a sutura nos locais atingidos pelo cerol. Nesta tarde recebeu alta e já está em casa com a família.

AGRADECIMENTO - A mãe dele, Andreia Cristina de Oliveira, disse que o filho sobreviveu por um milagre já que o corte no pescoço atingiu três veias e uma artéria. Se tivesse sido o contrário, a hemorragia teria sido fatal.

A família fez questão de visitar os frentistas para agradecer pelo que fizeram, salvando o rapaz.

O caso foi registrado na Central de Polícia Civil e a partir desta segunda-feira a polícia vai tentar identificar quem estava soltando pipa com linha cerol, uma mistura de cola e vidro que já fez muitas vítimas, inclusive fatais.

LOCAL PERIGOSO - Nesta mesma região, uma guarnição do Corpo de Bombeiros havia recolhido uma outra linha cerol que estava nas proximidades da rodovia do Contorno.

A equipe atendia um acidente naquele trecho da rodovia quando acabou apreendendo uma grande quantidade de linha cerol que estava às margens. Ao que tudo indica de alguma pipa que foi "cortada". Se estivesse passando um motociclista, o risco de  causar um grave acidente seria muito grande.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn