Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 17/07/2019 às 10:00

Bebê de um ano morre após engasgar com bolinha de gude

Em outro caso, homem de 55 anos, parou de respirar logo após jantar. Bombeiros tentaram reanimá-lo, mas a vítima chegou morta ao hospital.

Uma menina de um ano morreu na tarde desta terça-feira (16) em Rio Preto, após engasgar com uma bolinha de gude. O Corpo de Bombeiros foi acionado e tentou reanimar a criança por aproximadamente meia hora, sem sucesso. A pequena foi levada até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, onde chegou em parada cardiorrespiratória irreversível. 

Depois que a criança engasgou, impedindo sua respiração, a tia que estava cuidando dela chegou a levá-la até uma farmácia das proximidades para buscar socorro. Nas redes sociais, testemunhas relataram o desespero de quem tentava ajudar a criança. O resgate teria chegado momentos depois. Um boletim de ocorrência de morte acidental foi registrado na Central de Flagrantes. 

De acordo com números do Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de Rio Preto, em cerca de três anos (até outubro de 2018), 2.700 crianças foram atendidas por ingerirem pequenos objetos, como peças de brinquedo, borrachas, moedas e crucifixos.

Na lista de vilões ainda estão grãos de feijão e caroços de azeitona. Três crianças morreram. Os dados somam casos em que os corpos estranhos foram encontrados no ouvido, no trato respiratório e no trato digestivo.

OUTRA VÍTIMA - Em Herculândia, outra vítima fatal foi um homem de 55 anos. De acordo com familiares, ele tinha acabado de jantar quando perceberam que não estava respirando.

Imediatamente foi colocado em um carro para ser levado a um hospital, mas, no meio do caminho, os familiares ligaram para os bombeiros. No caminho, a equipe de salvamento tentou reanimá-lo, mas sem sucesso. Quando chegaram à Santa Casa de Tupã já estava morto.

DICAS DE PREVENÇÃO:

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn