Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 10/06/2019 às 15:31

Pintor sobrevive após sofrer descarga elétrica de 7.500 volts

  • As equipes dos Bombeiros tiveram muito trabalho para resgatar a vítima do telhado.

Bastão de metal que a vítima usava atingiu a rede elétrica ocorrendo a descarga. Apesar das queimaduras, estado de saúde é considerado estável.

A vítima estava trabalhando a cerca de 7 metros de altura.

O pintor Jairo Lourenço, de 60 anos, sobreviveu após sofrer uma descarga elétrica de pelo menos 7.500 volts enquanto trabalhava no telhado de uma casa, na zona norte de Marília. Apesar das queimaduras e outros ferimentos, a assessoria de imprensa do Hospital das Clínicas informou nesta tarde que o estado de saúde dele é estável.

O acidente de trabalho ocorreu na rua Paulicéia, localizada no bairro Edson Jorge Júnior. A vítima disse que estava pintando no telhado da residência quando a haste de metal utilizada no rolo de pintura acidentalmente acabou tocando a rede primária de energia elétrica, ocorrendo a descarga.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram mobilizadas para conseguir descer a vítima que estava a cerca de sete metros de altura.

Devido a gravidade das queimaduras, pediram ajuda ao  suporte avançado (UTI Móvel) do SAMU que socorreu o pintor até ao Hospital das Clínicas.

ATENDIMENTO - De acordo com nota divulgada pela assessoria de imprensa do HC, o estado de saúde de Jairo Lourenço é considerado estável.

"O paciente Jairo Lourenço deu entrada na Unidade de Urgência vítima de descarga elétrica. O paciente está monitorado pelas equipes multidisciplinares da Unidade, está consciente e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado estável", diz a nota.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn