Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 03/05/2019 às 13:00

Casal de Curitiba descobre gravidez 19 dias antes de bebê nascer

O casal Lana Maria Wigand e Arthur Felipe Wogram, ambos de 27 anos, descobriu a gravidez 19 dias antes de o bebê nascer, em Curitiba. O filho Gabriel veio ao mundo com 47 centímetros e três quilos.

Segundo eles, a gravidez foi totalmente inesperada, já que a Lana não teve nenhum sintoma de gestação. Além disso, ela estava com o ciclo menstrual regular e usava anticoncepcional.

Tudo começou quando ela foi a um gastroenterologista, com problemas de intestino preso. Ele a examinou e receitou um laxante para cólica intestinal. Lana pensou que os quatro quilos que tinha engordado era pelo fato de ter parado de treinar e não estar cuidando muito bem da alimentação.

No dia 4 de abril, Lana resolveu procurar outro médico, dessa vez um ginecologista, isso porque o fluxo dela veio um pouco diferente, e durou apenas dois dias. "Eu não ia à ginecologista há um ano, e como já tive cistos na adolescência, fiquei preocupada. Chegando lá, a médica foi apertando minha barriga e, espantada, falou que eu estava muito, mas muito grávida", lembrou a mãe.

A cólica na verdade sempre foi o Gabriel se mexendo. A altura uterina dela media 32 centímetros, que é compatível com oito meses gestação.

Explicação médica: “Lana é muito magra e sempre fez atividade física, com isso a forte musculatura abdominal fez com que o útero crescesse mas não estufasse pra fora da barriga. O bebê cresceu pressionando os órgãos internos, o que potencializou os sintomas de gases, azia, constipação intestinal. Ela se sentia muito estufada mas não achava que era um útero gravídico, e sim gases", explica a médica.

Barriga da Lana com 38 semanas e meia de gestação — Foto: Arquivo pessoal/Lana Maria Wigand

Chegando em casa, Lana tinha a missão de contar a notícia para o namorado. "Não tinha desconfiança nenhuma, e sai do hospital com a carinha do meu filho impressa no exame. Sai de lá sabendo que seria um menino", contou ela.

Em casa, ela pediu para ele sentar porque tinha um assunto sério para tratar. Segundo ela, Arthur pensou que viria uma notícia de doença.

"Quando mostrei o exame ele ficou radiante. Depois, quando disse que nasceria no mês seguinte, ele ficou olhando para a estante, completamente sem reação", lembra Lana.

Depois de contarem a notícia para os familiares e amigos, todos ficaram na expectativa da chegada do bebê.

onforme a médica, era para Gabriel nascer entre os dias 5 e 15 de maio, mas, em uma nova surpresa, ele decidiu vir no dia 23 de abril.

Como eles só tiveram 19 dias para organizar tudo, contaram com a ajuda de muita gente. O casal disse que recebeu doações de todos os tipos, desde o berço, até banheira e carrinho de bebê. “Foi um ‘enxoval express’.

Bebê teve uma clavícula envergada durante o parto, mas está 100% bem agora — Foto: Arquivo pessoal/Lana Maria Wigand

Fonte: G1

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn