Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 05/04/2019 às 12:30

Ramal ferroviário passando por Marília poderá ser reativado

  • Se ramal for reativado, serão necessárias muitas melhorias devido ao abandono

TCU dá aval à Rumo para renovar concessão. Trecho vai de Bauru até Panorama, passando por Marília

A reativação do ramal ferroviário Bauru-Marília-Panorama, pela Rumo, com 350 km e traçado entre os municípios da Nova Alta Paulista, pode estar perto de acontecer. Segundo revelou o jornal Valor Econômico, logo depois de ter arrematado a concessão da Ferrovia Norte-Sul, semana passada, a Rumo obteve uma nova vitória: o Tribunal de Contas da União (TCU) concluiu a análise técnica sobre a renovação antecipada do contrato da Malha Paulista e não colocou nenhum grande obstáculo à assinatura de um termo aditivo.

A posição do TCU traz a segurança que a Rumo aguardava e pode destravar investimentos próximos de R$ 7 bilhões em troca de 30 anos adicionais da concessão da Malha Paulista, que corta o interior paulista e permite a ligação entre Panorama e o Porto de Santos, hoje subutilizada.

O atual contrato de concessão expira em 2028, e com os 30 anos adicionais, ficaria ampliado para 2058.  O processo, com a manifestação favorável à Rumo, será apreciado pelos ministros do TCU em plenário.

O pedido da renovação antecipada da concessão da Malha Paulista, em troca de 30 anos adicionais, traz uma nova perspectiva para o ramal ferroviário que corta a Nova Alta Paulista.

Antes, a Rumo teria dois anos para avaliar o que seria feito com cinco ramais subutilizados.

Agora, dentro da nova proposta avaliada positivamente pelo TCU, os ramais Panorama e Colômbia (região de Barretos, na divisa com Minas Gerais), com somam cerca de 700 km, serão reativados. Os outros três ramais menores serão devolvidos à União.

Outro ponto destacado pelo Valor Econômico envolve as contribuições incorporadas ao plano original de renovação antecipada da Malha Paulista, a partir das audiências públicas realizadas, como ocorreu em Marília, em julho de 2017, com ais de 120 participantes, incluindo cerca de 30 prefeitos.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn