Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 03/04/2019 às 15:06

Novo mutirão da catarata do HBU atende cerca de 600 pessoas no fim de semana

  • Pacientes beneficiados pelo mutirão aguardam para serem atendidos.

Procedimento atendeu pessoas de Marília e de várias cidades da região, com cirurgias de catarata, pterígio, calázio e vias lagrimais

Cerca de 600 pessoas participaram, no último fim de semana, de mais um mutirão realizado pelo HBU (Hospital Beneficente Unimar) em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde de Marília. O mutirão é resultado de nova liberação de recurso por meio do Ministério da Saúde ao município e recursos advindo de emendas parlamentares obtidas com o esforço da Prefeitura de Marília, ampliando o número de pessoas atendidas nesta especialidade.

O trabalhador braçal João Gonçalves de Oliveira durante a consulta.

O atendimento aos pacientes começou por volta das 7h de sexta-feira, quando começou a triagem, com consulta e exames, para o encaminhamento das cirurgias. Pessoas de Marília e de outras cidades da região foram até o AME (Ambulatório Médico de Especialidades).

Eles passaram por avaliação e consulta, a fim de confirmar a necessidade de fazer a cirurgia, que foi marcada para o dia seguinte. Uma equipe formada pelos médicos Fábio Vieira da Silva, Ricardo Cassago Filho e Mário Sérgio Marques Pereira Lima, além de mais de 40 funcionários da Unimar e do HBU, prestaram todas as informações e formalizaram o encaminhamento.

O trabalhador braçal João Gonçalves de Oliveira, a aposentada Adelinda Dantas Ferreira, ambos de Pompeia, e a dona Josefa Rosa Alves Pereira aguardavam ansiosos a consulta. Oliveira destacou que já fazia algum tempo que aguardava pelo procedimento.

Eu não posso reclamar do atendimento e a consulta confirmou que preciso ser operado da catarata. Eu tenho certeza que a cirurgia vai correr tudo bem e vou enxergar melhor depois da operação”, destacou.

D. Adelinda durante atendimento.

A delinda explicou que há vários anos aguardava pela cirurgia e a chamada para participar do mutirão chegou em um bom momento.

A catarata prejudica bastante o meu dia a dia, atrapalhando minha leitura. E também traz muito desconforto, por conta da secreção parecida com ‘dordolho’ (terçol). Eu tenho certeza de que a cirurgia vai ser ótima e vai resolver esse problema”, destacou.

Dona Josefa destacou o atendimento da equipe, desde o primeiro dia (sexta-feira), quando foi feita a triagem e os exames iniciais, até o retorno, já no domingo. “Todo o atendimento foi uma benção. Todos trataram a gente com carinho e atenção já na recepção, depois nas consultas e exames, verificando a pressão, a diabetes e a situação do olho da gente”, explicou.

Oftalmologista Fabio Vieira da Silva é especialista em cirurgia de catarata.

Ela esperava há dois anos e meio para fazer a cirurgia e sempre surgia um obstáculo. “Aí no HBU isso não teve problema nenhum, a diabetes estava normal e até minha pressão não teve alteração”, disse.

O médico oftalmologista especialista em cirurgia de catarata, Fabio Vieira da Silva, destacou que a triagem, consultas e exames são necessários para confirmar o diagnóstico encaminhado pelas unidades de saúde. “A partir daí fazemos tudo o que é necessário para realizar as cirurgias com bastante segurança”, relatou.

Silva ressaltou ainda a importância dos mutirões para atender a demanda de pessoas que necessitam deste tipo de cirurgia. “No dia a dia não é possível atender de forma individual estes pacientes e os mutirões atendem a uma demanda reprimida nesta especialidade”, apontou.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn