Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 27/03/2019 às 11:48

Sem pedágios: presidente da ARTESP recebe "Carta de Marília"

  • Presidente da Câmara, Marcos Rezede, entrega a "Carta de Marília" à ARTESP.

Audiência na Unimar reúne lideranças de toda região. Carta, assinada por vereadores de vários municípios, defende suspensão da concessão da SP-294 e um "diálogo mais democrático".

A audiência extra da ARTESP (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte de SP), para discutir a concessão de novo lotes de rodovias (incluindo a SP-294, passando por Marília e região) está sendo realizada nesta manhã, no anfiteatro da Unimar, em clima político tenso. A grande maioria é contra a instalação de praças de pedágio. 

Lideranças de toda região participam da audiência "extra".

A audiência foi solicitada pelo Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP/SP), já que a região de Marília havia sido incluída no cronograma de audiências públicas.

CARTA DE MARÍLIA

Tanto que desta fez o diretor geral da agência, Giovanni Pengue Filho, está presente. Ele recebeu das mãos do presidente da Câmara, Marcos Rezende, a "Carta de Marília" que é assinada por dezenas de vereadores de toda região.

Além de ter um posicionamento totalmente contrário a instalação de pedágios, a "Carta" defende a suspensão desse processo pela ARTESP para que possa haver, antes, um amplo debate sobre o projeto. Participam da audiência cerca de 150 pessoas, inclusive prefeitos da região, como é o caso de Pompeia, Tina Januário.

Prefeita Tina, de Pompeia, participa da audiência.

Antes da recomendação dos MPs, porém, o município de Marília não estava contemplado com um destes eventos, apesar de contar com quase 240 mil habitantes, que serão severamente afetados com a perspectiva de implantação de novas praças de pedágio.

Em seu discurso, o diretor geral da ARTESP, Giovanni Pengue Filho, disse que vai analisar as propostas apresentadas pelas lideranças em Marília.

Projeto - O lote que será licitado abrange trechos de rodovias (entre elas a SP-294), somando 1.201 quilômetros que atravessam 62 cidades. O projeto tem prazo de concessão de 30 anos e previsão de investimentos de R$ 9 bilhões.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn