Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 21/03/2019 às 18:00

Se os seus filhos deixaram o "ninho", é hora de se dedicar a você mesmo

É chamada de "síndrome do ninho vazio" quando os filhos crescem e deixam o lar materno e paterno para seguirem as suas vidas sozinhos. Pode acontecer cedo ou tarde, por razões de estudo ou trabalho, seja qual for a idade ou a razão, é um verdadeiro trauma para os pais, especialmente para as mães. A casa de repente se torna grande e vazia, você tem que se adaptar a uma nova fase da vida. Aqui estão algumas dicas para gerenciá-la.

Processe a perda. Quando um filho alça vôo, a condição de um pai é semelhante à de quem vive um luto. Os gestos e hábitos cotidianos mudam, nos deixando tristes e desanimados. Devemos nos dar o tempo e o modo de viver essa saudade, mesmo com lágrimas, o que importa não é se apegar à sua dor.

Reorganize o seu papel de pai. Mesmo que os filhos tenham ido embora, você nunca deixa de ser mãe ou pai. De fato, agora, mais do que nunca, os filhos precisarão de ajuda, apoio e conselhos, sem invadir seu novo espaço. Essa atitude fará com que a tristeza desapareça e permita que os jovens se beneficiem da experiência daqueles que já experimentaram as situações que agora enfrentam sozinhos.

Os vazios não devem ser contemplados, mas preenchidos. Com cada mudança, muitas vezes tendemos a nos concentrar muito no que passou e não está mais lá, em vez de fazer um movimento e preencher ausências ou falhas. Se você tem mais tempo agora, pode retomar um projeto abandonado, redescobrir paixões, dedicar-se aos outros e à comunidade. 

Redescubra a vida de casal. O último mas mais importante conselho para administrar a falta dos filhos é nunca deixar de viver plenamente a intimidade com o parceiro. Se, ao longo dos anos, este aspecto foi um pouco negligenciado devido ao compromisso de criar os filhos, esta é uma boa oportunidade para retomar hábitos saudáveis como viajar, sair e partilhar o tempo.

Devemos lembrar dos tempos em que os filhos não estavam lá, quando estávamos sozinhos. Dessa forma, você não apenas viverá a mudança com calma, mas também seus filhos ficarão mais tranquilos sabendo que seus pais são serenos e ainda se amam.

 

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn