Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 14/03/2019 às 11:00

Após massacre, Secretaria da Educação promete reforçar segurança em escolas

Mas, reforço deverá ocorrer apenas naquelas "mais vulneráveis". Velório coletivo é realizado desde cedo em Suzano.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo anunciou que pretende "revisar" os procedimentos de segurança em todas as 5,3 mil escolas existentes no Estado. Mas, o projeto de reforço na segurança deverá ocorrer somente "nas escolas mais vulneráveis", conforte nota oficial.

As medidas serão adotadas após a tragédia ocorrida ontem em Suzano, na grande SP, quando dois ex-alunos invadiram uma escola e abriram fogo contra os estudantes, matando oito deles e depois cometeram suicídio. O velório coletivo das vítimas começou às 7h desta manhã, no Ginásio Arena Suzano. 

AULAS SUSPENSAS 

As oito vítimas do massacre causado pelos dois jovens

A Secretaria informou que as aulas em todas escolas públicas estaduais e municipais de Suzano estão suspensas até esta sexta-feira (15/3). Na própria sexta, professores da rede discutirão as propostas pedagógicas para acolhimento, na próxima semana, dos alunos e comunidade escolar.  

Na segunda-feira (18/3) a escola será reaberta apenas para professores e funcionários.

Serão desenvolvidas atividades como acolhimento, preparação e apoio psicológico com apoio do Instituto de Psicologia da USP, técnicos da Secretaria da Educação, entre outros profissionais e especialistas. O Governador João Doria decretou luto oficial de três dias no Estado.  

Velório - Começou por volta das 7h de hoje (14), no Ginásio Arena Suzano, o velório das vítimas do atentado contra a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano. Moradores da cidade formam uma fila para homenagear os mortos no massacre.

O espaço foi divido por grades, deixando um espaço reservado para as famílias. Muitos já ocupam as galerias do ginásio.

Estão sendo veladas no local os alunos Caio Oliveira, 15 anos, Claiton Antonio Ribeiro, 17 anos, Kaio Lucas Costa Limeira, 15 anos, e Samuel Melquiades, 16 anos, além da coordenadora pedagógica Marilena Ferreira Umezo, 59 anos, e da funcionária Eliana Regina de Oliveira Xavier, 38 anos. O estudante Douglas Murilo Celestino, por motivos religiosos, está sendo velado em uma igreja da Assembleia de Deus.

Os atiradores Luiz Henrique de Castro, 25 anos, e Guilherme Taucci Monteiro, 17 anos, estão sendo velados em outro local. Segundo as investigações, um jovem disparou contra o outro e depois se matou. Jorge Antonio de Moraes, 51 anos, dono da locadora de onde os atiradores roubaram o carro utilizado na ação (tio do Guilherme) também está sendo velado em outro local. Da Agência Brasil

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn