Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 02/03/2019 às 15:00

Marília registra 19 casos novos de dengue e agora com novo vírus

  • Com o período de chuva, é preciso ficar atento aos criadouros do mosquito. Até mesmo na limpeza de calhas

Boletim indica que a cidade tem agora 62 pessoas com a doença. Com vírus tipo 2, aumenta o risco de dengue hemorrágica.

A Secretaria de Saúde divulgou neste fim de semana novo boletim epidemiológico da dengue em Marília. Foram confirmados 19 novos casos em relação à divulgação anterior. Mas, a maior preocupação é que foi confirmado oficialmente a circulação do vírus tipo 2, que pode levar à dengue hemorrágica.

O vírus tipo 2 chegou ao Brasil em 1990. De acordo com os especialistas, quando a pessoa pega dengue tipo 1, ela desenvolve imunidade e não é mais contaminada com esse vírus, mas se ela for picada pelo mosquito da dengue tipo 2, irá desenvolver novamente a doença e neste caso, o risco de  desenvolver dengue hemorrágica é maior.

Pelo último boletim, divulgado ontem, foram feitas até agora 458 notificações de pessoas com suspeita da doença.

Desse total, foram confirmados 62 casos, sendo 56 autóctones (contraídos na própria cidade) e seis importados.

Foram descartados 209 exames e ainda restam 187 resultados.

PREVENÇÃO

A Secretaria Municipal da Saúde também divulgou as ações que estão sendo tomadas em Marília: 

- As unidades de Saúde (municipais, serviços do Estado, saúde suplementar - rede privada) estão orientadas a manter olhar ampliado para as suspeitas de dengue e manter fluxo de notificação, inserção no sistema, manejo clinico e controle adequado para os casos na suspeita.

- O município está ampliando as ações de controle e divulgação de casos com apoio intersetorial. Para isso, faz-se necessária mobilização de Igrejas, escolas, entidades, comércio e empresas em geral.
 
- Marília possui plano de contingência e mantêm também "sala de situação" para avaliação técnica de risco permanente. Importante ressaltar que o município apurou recente LIRAa (Levantamento rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti) em 3,1 e possui classificação de ALERTA, conforme escala da OMS (Organização Mundial de Saúde).
 
- A Secretaria Municipal da Saúde reitera o alerta à população, para a medida efetiva de eliminação dos focos do mosquito.

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn