Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 22/02/2019 às 18:34

Morte de estudante de 11 anos em Marília: Secretaria garante que prestou socorro

  • Escola onde a estudante passou mal e acabou morrendo.

A menor chegou a ser socorrida pelo resgate dos Bombeiros, mas acabou morrendo no Hospital. Há suspeita de parada cardiorrespiratória. Secretaria Estadual da Educação garante que prestou socorro à menina.

O IML (Instituto Médico Legal) liberou por volta das 20h30, o corpo da estudante V.A.A.F., de 11 anos que morreu nesta manhã (22) em Marília ao passar mal na escola estadual Emico Matsumoto Geografa, no bairro Nova Marília 3, zona sul da cidade. Segundo testemunhas, ela teve convulsões, mas também teria sofrido uma parada cardiorrespiratória. A Secretaria dvulgou nota agora à noite garantindo que a menor recebeu todo atendimento até a chegada das equipes de emergência.

O portal Visão Notícias está em contato com a família da estudante, mas ainda não obteve autorização para divulgar o nome dela. Todos estão muito abalados e ainda tentam entender o que aconteceu. O velório será na sala 5 do Velório Municipal e o sepultamento está previsto para este sábado, às 9h30, no cemitério da Saudade.

Matéria atualizada às 21h16

Pelo que foi apurado, assim que a menor começou a passar mal, o resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu a estudante até ao Hospital Materno Infantil (HMI), onde acabou falecendo. A assessoria de imprensa da FAMEMA (responsável pelo hospital) confirmou a morte, mas acrescentou que o "corpo foi encaminhado ao Serviço de Verificação de Óbito que tem a responsabilidade de emitir o laudo".

TREINAMENTO - O portal Visão Notícias.com encaminhou demanda à assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Educação para saber mais detalhes sobre a morte da estudante e ao mesmo tempo se as escolas estaduais já estão adaptadas à lei 13.722/2018 que torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil

NOTA OFICIAL

A Secretaria Estadual da Educação divulgou uma nota oficial nesta noite afirmando que a estudante já tinha problemas de saúde e que "a diretora realizou os procedimentos básicos de primeiros socorros, com orientação da equipe médica por telefone".

Eis a nota:

"A Secretaria de Educação, a Diretoria de Ensino de Marília e a equipe gestora da Escola Estadual Emico Matsumoto Geografa lamentam profundamente a morte de uma aluna do 6º ano da escola na tarde desta sexta-feira. A jovem passou mal na hora do intervalo e o SAMU foi acionado prontamente, assim como seus responsáveis. 
 
Até a chegada do atendimento médico, a diretora realizou os procedimentos básicos de primeiros socorros, com orientação da equipe médica por telefone. 
 
A escola já tinha um atestado médico em que constavam os problemas de saúde da estudante, que por isso não frequentava as atividades de educação física. 
 
A Seduc-SP se solidariza com os familiares e toda a comunidade escolar neste momento de pesar".

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn