Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 15/02/2019 às 13:00

Acusado de estuprar, matar e queimar menina de 6 anos é condenado a 50 anos de prisão

  • Renato ficou de cabeça baixa quase o tempo todo do julgamento.

Renato Alexandre Cury Martinelli, de 45 anos, acusado de estuprar, matar e depois queimar o corpo de uma menina de 6 anos em Bauru foi condenado a 50 anos de prisão. O júri popular durou cerca de nove horas. 

Ainda cabe recurso da decisão, mas a defesa não informou se irá recorrer. No julgamento, ele também foi condenado por tentativa de estupro de outra criança de 4 anos, vizinha da vítima, poucos meses antes do homicídio de Vitória Graziela.

O crime ocorreu em 2012. A vítima, Vitória Graziela Fernandes de Lima (foto), foi sequestrada, estuprada, lesionada, queimada viva e teve seu corpo ocultado por Renato Martinelli, que é ex-namorado da mãe da criança. Dois dias depois do crime (ocorrido em 30 de abril), Renato acabou confessando o crime bárbaro e indicou aos policiais o local onde o corpo estava, uma área de mata.

O corpo foi encontrado totalmente queimado e em posição fetal, o que indicou que ela estava viva quando foi queimada. Na delegacia, o homem disse que havia batido com a cabeça da garota em uma torre de energia antes de atear fogo e não se lembrava do motivo do crime.

Desde então, Renato permanece preso, atualmente em um presídio em Iaras, onde deve continuar cumprindo o resto da pena, conforme a sentença.

 

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn