Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 05/01/2019 às 10:00

Vai viajar? Veja como identificar o combustível adulterado

Muita gente deixou para viajar após as festas de fim de ano. Mas, para não ter dor de cabeça, a qualidade do combustível é um detalhe importante. Os problemas podem ir desde a perda de potência até danificar componentes do motor.

Abastecer com combustível adulterado é um grande perigo para o seu veículo, principalmente nesta época do ano, quando muita gente viaja para outras regiões e muitas vezes precisa parar em postos "desconhecidos".

O combustível "batizado" pode causar problemas desde perda de potência e rombo no bolso, até a contaminação do óleo, carbonização e depósito de resíduos. Há casos extremos de provocar deformação dos pistões e de outros componentes.

Por isso, fique de olho no que você está colocando no tanque do seu carro.

Veja alguns "sintomas":

1. Luz de alerta do motor

Quando se acende no painel uma luzinha de alerta com o desenho de um motor, que indica alguma anomalia no sistema de injeção eletrônica, o combustível adulterado pode ser uma das causas. Esse sistema, que controla a admissão de combustível e calcula a porcentagem de mistura com ar, pode ter problemas para lidar com etanol ou gasolina adulterados. Assim, a luz pode aparecer no painel e se manter acesa.

Claro que não é a única coisa que a leva a se acender. Mas, se isso acontecer logo depois que você abasteceu o carro, a razão pode ser uma gasolina ou etanol contaminado com algum outro produto. O que acontece é que o combustível não foi reconhecido pela sonda lambda.

 

2. Aumento de consumo

Outro dos sinais de que o combustível é adulterado é quando o consumo do carro aumenta. Se você abasteceu em um posto novo, no qual não costuma ir, e notou que o líquido acabou com mais rapidez que o normal, mesmo sem ter feito estripulias com o carro, pode ser esta a razão.

3. Óleo contaminado

Se o óleo que saiu do cárter estiver contaminado, com mudanças nas características esperadas, também pode ser por causa do combustível adulterado. Neste caso, pode ser pela gasolina com solventes ou etanol com água demais.

 
4. O carro perde performance

Se o veículo parece menos potente do que o normal, é outro sinal de que o posto utilizado deve ser olhado com desconfiança. Lembrando que, para todas essas dicas, pode existir mais de uma razão para o problema. Por isso, não deixe de considerar as outras possibilidades e sempre fazer as revisões do seu carro.

5. Carro “tosse” ou “engasga”

Se o carro estiver dando pequenas engasgadas, ou seja, pequena falhadas nas quais parece que o motor vai morrer, também é sinal de o combustível no tanque pode estar adulterado.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn