Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 27/11/2018 às 11:30

Homem faz cartaz para conseguir emprego e apelo viraliza na internet

  • Seu Roberto com o cartaz pedindo emprego. Única maneira encontrara para chamar atenção.

Ele trabalha desde os seis anos de idade e boa parte da vida em fazendas, como peão, administrador, nos estados de Goiás e Mato Grosso. Montava em cavalo dando um pulo. Era daqueles que não tinha medo de nada e amava "viver na roça".

Mas, os anos foram se passando, a família cresceu e as dificuldades também. Hoje, aos 57 anos, o seu Roberto não tem o mesmo vigor físico de antes. Mas, a vontade de trabalhar é a mesma, além de ter uma experiência de meio século. Só que essas qualidades não bastam. Há mais de um ano vem batendo as portas de empresas, de casas e não consegue emprego.

Com o cartaz e uma garrafa de água, seu Roberto faz apelo por um emprego.

Com três filhos e esposa para cuidar, aluguel, água e luz atrasados, ele decidiu tomar uma atitude inusitada: com um cartaz (feito pela filha de 17 anos), nesta semana ele ficou durante horas no ponto de ônibus na avenida Sanches Cibantos (em frente ao Confiança) tentando chamar a atenção.

"Preciso trabalhar. Pelo amor de Deus.,..faxineiro, caseiro, vigia", é o seu apelo. Uma pessoa que passava pela avenida resolveu parar, pediu autorização e fotografou o seu Roberto. O apelo viralizou nas redes sociais.

ESPERANÇA

Nesta manhã, nós conversamos com ele. Trata-se do seu Aparecido Roberto da Silva que mora atualmente no bairro Palmital, zona norte. Ele relata que o seu filho mais velho, de 23 anos, também não consegue emprego e as outras duas filhas (de 17 e 12 anos) apenas estudam. É o único que sustenta toda essa família.

Depois de trabalhar em fazendas, no ano de 1996 mudou-se para Sorocaba, onde trabalhava como catador de reciclagem e fazia "bicos". Mas, perdeu tudo. Sem outra saída, resolveu voltar para Marília, cidade onde morou durante alguns anos (uma de suas filhas nasceu aqui).

O apelo viralizou na internet.

Desde o ano passado está tentando conseguir um emprego naquilo que ele sabe fazer: cuidar de uma chácara, propriedade rural ou outra atividade que domina, como faxina ou vigia. "Não estou pedindo esmolas. Estou pedindo emprego", afirmou. 

Sobre a campanha, explicou que foi a única saída que encontrou porque as outras tentativas não deram certo.

"Marília é uma cidade que cresceu muito, mas infelizmente emprego tá difícil", lamentou. 

Quem puder dar uma oportunidade ao seu Roberto pode ligar para (14) 99761-8071.

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn