Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 07/11/2018 às 16:00

Traficantes de vários estados se uniram para comprar fuzis

Força-tarefa de agentes federais dos Estados Unidos, da Argentina e do Brasil investiga uma espécie de 'sindicato' de traficantes de todo o Brasil que encomenda armamento pesado do exterior. O arsenal apreendido no sábado (3) em quatro cidades argentinas foi um desses pedidos.

No estoque retido há um armamento sofisticado, comum nas mãos dos traficantes cariocas, como fuzis AR-15 e AK-47 ou pistolas nove milímetros. Mas há também escopetas que não fazem parte do dia a dia das facções no RJ. Foram encontrados também revólveres.

Ao todo, 620 armas foram apreendidas. Dentre elas:

344 armas longas (fuzis, escopetas e metralhadoras);

276 curtas (pistolas e revólveres);

32.940 projéteis de diversos calibres;

Os agentes da Gendarmería Nacional da Argentina e do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos ainda apreenderam US$ 103,9 mil e 127 mil pesos argentinos (R$ 400 mil).

 

Autoridades argentinas e americanas apreenderam 32 mil munições que seriam enviadas para o RJ — Foto: Divulgação/Gendarmería Nacional

Há suspeita de outras 52 remessas de armas para a Argentina via Estados Unidos. Um cidadão americano, de nome Michael Nunes, seria o remetente do arsenal. Está se verificando se esse é o nome real do criminoso.

Nas apreensões, os agentes conseguiram encontrar ainda: 2 fuzis M4, de fabricação americana; 3 fuzis M16 e 2 AK-47, de origem russa; 1 submetralhadora MAG, belga.

Fonte: G1

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn