Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 06/11/2018 às 12:47

Vereadora pode apresentar emenda aumentando o número de cadeiras na Câmara

  • Manifestações no plenário para redução do número de vereadores (21 para 13).

"O debate ao projeto está começando agora. Pedi vistas porque pretendo ouvir a sociedade e não apenas a opinião de algumas entidades (...) posso sim apresentar uma emenda ao projeto". A afirmação foi feita no começo desta tarde pela vereadora Professora Daniela sobre a proposta em debate na Câmara de reduzir de 21 para 13 cadeiras a partir da próxima legislatura. 

O projeto, que estabelece uma emenda à Lei Orgânica, tem assinatura de sete dos 13 vereadores e seria submetido à primeira discussão e votação. De qualquer forma, precisaria de pelo menos nove votos a favor por ser votação qualificada. Há correntes que indicam a possibilidade de ficar em 15 ou 17 vagas. Há quem defenda até 19, mas a vereadora prefere por enquanto não emitir sua opinião.

Vereadora confirmou que deve apresentar emenda ao projeto.

Entidades de classe se mobilizaram pelas redes sociais e o assunto causou polêmica durante a sessão ontem à noite. A vereadora Professora Daniel  apresentou pedido de vistas por cinco dias, bem como solicitação para abertura de emendas ainda em primeira discussão.

Como o prazo de vistas começou a contar oficialmente somente nesta terça-feira (06), o projeto não deve voltar à pauta na próxima segunda. Durante esse período, a vereadora pretende ampliar a discussão, ouvindo representantes de outras entidades e a própria comunidade.

Representatividade

"Acho que 13 é muito pouco. Precisamos aumentar a representatividade na Câmara, inclusive com mais mulheres", afirmou a vereadora em entrevista ao Visão Notícias. Mesmo assim, prefere não emitir sua opinião quanto ao número que considera "ideal" sem antes fazer essa consulta popular.

Ela lembrou ainda que a mudança na lei orgânica ocorreu em 2011, para vigorar a partir na legislatura 2012-2016. Mas, como houve uma demanda na justiça, somente durante o atual mandato dos vereadores é que houve uma decisão do Tribunal de Justiça mantendo-se o que fixa a lei orgânica, ou seja, 21 vagas. O projeto em discussão tenta reduzir para 13. Com informações J. Serafim.

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn