Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 23/08/2018 às 11:15

UBER: prefeito vai receber motoristas na próxima segunda. Projeto causa polêmica

  • Implantação do uber em Marília causa polêmica entre Câmara e Prefeitura

O prefeito Daniel Alonso anunciou no começo desta tarde (23) que vai se reunir na próxima segunda-feira, às 14h, com motoristas que fazem o transporte individual de passageiros (Uber). O objetivo é debater mudanças no projeto que pretende regulamentar a atividade em Marília.

De acordo com a assessoria de imprensa, logo após a reunião com os taxistas (quando anunciou o envio da proposta - e que foi devolvida pela Câmara) o chefe do Executivo conversou com alguns desses motoristas. A orientação foi para que se organizassem e em seguida marcar essa audiência. 

A regulamentação dos serviços de transporte de passageiros (Uber) está causando novamente polêmica em Marília e agora gerou um impasse entre a Prefeitura e a Câmara. O motivo foi o envio de um projeto pelo Executivo, mas que foi recusado e devolvido pela presidência do Legislativo porque "descaracterizam e inviabilizam o novo serviço”, afirmou o presidente Wilson Damaceno. O prefeito Daniel Alonso se defendeu (veja vídeo abaixo).

Ao lado de lideranças, Daniel anuncia envio do projeto.

O projeto enviado pela Prefeitura prevê que para esses motoristas possam trabalhar em Marília deverão ter como inscrição estadual, alteração da CNH para identificação de serviço remunerado, comprovante de domicílio em Marília, veículo licenciado na cidade, identificação visual dos veículos e proibição de pegar passageiros diretamente nas ruas.

A proposta foi anunciada pelo prefeito Daniel numa solenidade que contou com a participação de dezenas de taxistas que, aliás, são contrários ao funcionamento do novo sistema sem toda essa regulamentação proposta pela Prefeitura por entender que haveria uma concorrência desleal.

RESISTÊNCIA - Mas, o projeto ficou por pouco tempo na Câmara Municipal. O presidente Wilson Damaceno alegou que já existe uma matéria semelhante em tramitação no Legislativo (do vereador Marcos Rezende) e também porque a proposta "tem caráter restritivo e inviabilizaria o desenvolvimento do transporte oferecido por aplicativos, a exemplo do Uber".

O vereador Marcos Rezende informou nesta tarde que já retirou o seu projeto que estava em tramitação na Câmara. Ele disse ainda que também aconselhou ao chefe do Executivo se reunir com os motoristas do Uber para debater mudanças na proposta. Tanto que o encontro está marcado para esta segunda, às 14h.

O prefeito Daniel Alonso divulgou um vídeo em sua página oficial no Facebook procurando justificar a apresentação dessa proposta:

 

 

 

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn