Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online.
Visão Notícias - Informações de Marília e região
Visão Notícias - Informações de Marília e região

Informações de Marília e região

- Marília/SP

Postado em 04/08/2018 às 16:00

Companhias aéreas estrangeiras de baixo custo começam a entrar no país

  • A norueguesa Norwegian Air já formalizou pedido para operar no Brasil.

Companhias aéreas estrangeiras começam a operar no Brasil oferecendo o chamado serviço "low-cost" (de baixo custo). A primeira delas a formalizar sua operação no país foi a argentina Flybondi, mas outras já se mostram interessadas.  

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) foi informada nesta semana que a companhia argentina de baixo custo foi autorizada pelo governo de seu país a operar no Brasil. A solicitação à agência brasileira deve ser protocolada nos próximos dias para a rota de São Paulo a Buenos Aires.

Outra que também formalizou o mesmo pedido foi a  norueguesa Norwegian Air (umas das maiores do mundo no segmento de passagens de preços baixos) que está interessada em operar voos regulares entre o Brasil e a Europa.

Outra que está em processo de autorização para operar aqui é a argentina Avian, do grupo Avianca. A Anac informa que a empresa tem cadastro para voos não regulares e pretende fazer a rota de Buenos Aires a São Paulo a partir de setembro.

Baixo custo - A largada para a tendência do "low-cost" no Brasil aconteceu a partir da resolução 400, que foi aprovada em dezembro de 2016, tentando alinhar as regras da aviação brasileiras a padrões internacionais.

O principal ponto de atração das estrangeiras que agora chegam ao país foi a desregulamentação da bagagem, permitindo às companhias cobrar pelo despacho das malas.

De acordo com a Associação Internacional de Transportes Aéreos, no Brasil as companhias aéreas ainda são submetidas a regras muitos mais onerosas do que no exterior, como a obrigatoriedade de ressarcir os passageiros por voos cancelados devido a causas naturais.

 

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn