Facebook Twitter YouTube
A agilidade do jornalismo online. Quem Somos | Anuncie Aqui | Fale Conosco
Visão Notícias
Visão Notícias
- Marília/SP

Postado em 13/10/2017 às 09:25

CPFL: economia com horário de verão daria para abastecer Marília por 29 dias

  • CPFL divulgou estimativa sobre a economia com Horário de Verão

A CPFL Paulista, distribuidora da CPFL Energia que atende 234 cidades do interior paulista, prevê que o horário de verão 2017/2018, que começa no próximo domingo, 15 de outubro, traga economia de 41,3 mil MWh no consumo de energia em sua área de concessão. Esse volume seria suficiente para abastecer 17,2 mil famílias por um ano com um consumo mensal de 200 kWh. No caso de Marília, por 29 dias.

O novo horário de verão terá duração de 126 dias nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Distrito Federal, com o término à zero hora do dia 18 de fevereiro de 2018. Ao melhorar o aproveitamento da luz natural pela população, a iniciativa tem como os principais objetivos reduzir o consumo de energia e diminuir a demanda no horário de pico, das 18 às 21 horas, explica o Diretor de Operações da Distribuição da CPFL Energia, Thiago Guth. 

Normalmente, as pessoas começam a chegar em suas casas a partir das seis da tarde, sendo que uma das primeiras ações é acender a luz. Na mesma hora, entram em operação a iluminação pública e os luminosos comerciais. No período do horário de verão, com o adiamento dos relógios em uma hora, as cargas das residências e de iluminação pública passam a operar após as 19 horas, quando o consumo industrial já está reduzindo”, acrescenta o executivo.

Dessa forma, além da economia no consumo de energia, outro ganho está em diminuir os riscos de sobrecarga no sistema elétrico no horário de pico de consumo. No período de pico, há expectativa de uma redução de 2,5 % na demanda de energia, o que contribui para reduzir a geração das termelétricas (mais caras e poluentes).

A quantidade de energia economizada seria suficiente para atender uma cidade do porte de Campinas, com mais de 1,1 milhão de habitantes, por 4 dias. Em outros municípios do Estado de São Paulo, como Bauru, esse montante seria suficiente para 17 dias; Ribeirão Preto, por 9 dias; São José do Rio Preto, por 15 dias; Araraquara, por 22 dias; Marília, por 29 dias; Paulínia, por 13 dias; e Sumaré, por 16 dias.

DICAS DE ECONOMIA:

Para ampliar a economia gerada pelo horário de verão, a CPFL Paulista incentiva que seus clientes aproveitem o período para praticar o consumo inteligente de energia no dia-a-dia. Para que isso seja possível, a empresa lista abaixo uma série de dicas para reduzir o consumo, sem comprometer o conforto:

Chuveiros elétricos

Geladeiras

Iluminação

Ar-Condicionado

Dicas Gerais

<>·Opte pela compra de eletrodomésticos com selo A do Procel, que mais eficientes no consumo de energia e, por consequência, mais econômicos;

 

© Copyright 2017. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com
Desenvolvido por StrikeOn